Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

Morreu José Manuel Espírito Santo, antigo administrador do BES

Tinha 77 anos e foi vítima de doença prolongada. Foi o único da família que pediu desculpas públicas pela queda do BES e do GES a todos os colaboradores e investidores.

Morreu José Manuel Espírito Santo, antigo administrador do BES
Notícias ao Minuto

10:40 - 25/02/23 por Notícias ao Minuto

País BES

Morreu José Manuel Espírito Santo, antigo administrador do BES e líder do Banque Privée Espírito Santo, na Suíça, este sábado, aos 77 anos, vítima de doença prolongada, avançou o jornal ECO. Foi o único da família que pediu desculpas públicas pela queda do BES e do GES a todos os colaboradores e investidores.

"Lamento profundamente o que sucedeu. Uma coisa são as responsabilidades individuais, e isso será apurado pelas entidades competentes e eu assumo as minhas. Mas outra coisa é a responsabilidade institucional", considerou José Manuel Espírito Santo quando foi ao Parlamento, para uma audição na Comissão Parlamentar de Inquérito à falência do BES, a 16 dezembro de 2014.

José Manuel Pinheiro do Espírito Santo Silva nasceu a 2 de maio de 1945. Foi do quadro e administrador do Grupo Espírito Santo e esteve a maior parte do seu percurso profissional em Lausanne, Londres e Lisboa, na área bancária.

O ex-administrador do BES foi um dos promotores da refundação do Grupo Espírito Santo - a partir de 1975 - e liderou um dos cinco ramos acionistas.

José Manuel Espírito Santo foi acusado de sete crimes de burla qualificada e um de infidelidade, mas o advogado considerou-o um "ator secundário" na falência do BES, 'apanhado' pelos processos. Rui Patrício defendeu que deveria ser absolvido das condenações do Banco de Portugal e CMVM, e chegou a invocar, mais tarde, a sua condição de saúde já muito débil uma vez que estava incapacitado desde 2019, na sequência de um AVC.

Leia Também: Emirados ponderam opções a tomar sobre banco russo sancionado pelos EUA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório