Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Suspeito de matar jovem à facada em Almada fica em preventiva

Crime ocorreu a 6 de janeiro do ano passado. Suspeito foi localizado e detido em Sines.

Suspeito de matar jovem à facada em Almada fica em preventiva
Notícias ao Minuto

15:25 - 03/02/23 por Notícias ao Minuto

País Almada

O suspeito de matar um jovem, de 18 anos, à facada, no passado dia 6 de janeiro, numa paragem do metro de superfície, em Almada, foi localizado e detido em Sines, tendo ficado em prisão preventiva, após ser presente a primeiro interrogatório judicial. 

Em comunicado, a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa revela que o Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial o arguido "indiciado pela prática dos crimes de homicídio e de detenção de arma proibida".

"Os factos remontam ao dia 6 de janeiro de 2022 e ocorreram em Almada, numa paragem do metro de superfície", lê-se na nota, datada de 2 de fevereiro.

De acordo com o MP, está "fortemente indiciado nos autos que o arguido abordou um jovem conhecido com quem mantinha um litígio, iniciou com este uma discussão e desferiu-lhe duas facadas".

A vítima "foi atingida no tórax e flanco direito, o que determinou a sua morte, que ocorreu instantes depois, na via pública".

"O arguido ausentou-se de imediato do local dos factos e não mais foi localizado na área da sua residência. Foi, agora, possível localizá-lo, em Sines, e executar o mandado de detenção fora de flagrante delito, oportunamente emitido", informa.

Na sequência de interrogatório judicial foi aplicada ao arguido "a medida de coação de prisão preventiva".

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público de Almada, com a coadjuvação da Polícia Judiciária e o inquérito encontra-se sujeito a segredo de justiça.

Recorde-se que, tal como o Notícias ao Minuto noticiou, em causa está o homicídio de um jovem de 18 anos, na rua Conceição Sameiro Antunes, na Cova da Piedade, com uma arma branca. Quando os bombeiros chegaram ao local encontraram a vítima no chão com ferimentos na zona do tórax e o óbito foi declarado pela VMER.

Leia Também: PSD avisa para "falhas de mercado" e quer ouvir Centeno

Recomendados para si

;
Campo obrigatório