Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 25º

"Não há impedimento" para nomeação de subdiretora-geral de Veterinária

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, referiu, esta segunda-feira, que "não há nenhum impedimento legal" para a jurista Luísa Sá Gomes - que foi condenada a pena suspensa por crimes de abuso de poder, participação económica em negócio e falsificação de documento - estar em regime de substituição como subdiretora-geral de Veterinária.

"Não há impedimento" para nomeação de subdiretora-geral de Veterinária
Notícias ao Minuto

13:28 - 30/01/23 por Notícias ao Minuto

País Maria do Céu Antunes

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, referiu, esta segunda-feira, que "não há nenhum impedimento legal" para a jurista Luísa Sá Gomes estar em regime de substituição como subdiretora-geral de Veterinária.

Em declarações aos jornalistas em Bruxelas, a ministra sublinhou ainda que aquilo que soube é que o julgamento de Luísa Sá Gomes "foi anulado e que aguarda novo julgamento".

Questionada sobre se mantém a confiança na nova subdiretora geral de Veterinária, Maria do Céu Antunes respondeu que não tem razões "para não manter essa confiança", acrescentando ainda que "a pessoa [a jurista] já estava no Ministério da Agricultura a exercer um cargo de chefia".

O jornal Público avançou, esta segunda-feira, que, a jurista Luísa Sá Gomes foi condenada, em 2018, a dois anos e três meses de pena suspensa por crimes de abuso de poder, participação económica em negócio e falsificação de documento.

Além disso, o mesmo jornal dá conta de que em junho de 2021, o Tribunal da Relação de Lisboa mandou repetir o julgamento - que envolvia vários arguidos - uma vez que entendia que no primeiro julgamento terão existido erros.

No verão de 2022, a ministra da Agricultura nomeou Luísa Sá Gomes como subdiretora-geral de Veterinária.

Secretário de Estado da Agricultura? Em "breve"

A ministra da Agricultura anunciou esta segunda-feira que está para breve a nomeação de um secretário de Estado da Agricultura, sem se comprometer com prazos, na sequência da demissão de Carla Alves um dia depois de ter assumido funções.

"Em breve teremos um ou uma secretária de Estado para ocupar [o cargo] e poder servir os portugueses e as portuguesas", respondeu Maria do Céu Antunes, à margem de uma reunião do Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia, em Bruxelas.

Leia Também: Incompetência está a minar o Ministério da Agricultura, acusa CAP

Recomendados para si

;
Campo obrigatório