Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 27º

Empresa diz que empadão 'preso' a prato é de "difícil empratamento"

Autarquia de Vila Verde solicitou explicações à empresa fornecedora de refeições no Agrupamento de Escolas do município. Empresa garantiu que a refeição cumpre "todos os requisitos" e que só ficou com aquela consistência devido ao "excessivo tempo de exposição do puré ao ar".

A Câmara Municipal de Vila Verde já reagiu ao vídeo, publicado nas redes sociais, que mostra uma refeição, servida na passada sexta-feira, no Agrupamento de Escolas do município, completamente colada num prato virado ao contrário.

Em resposta às perguntas colocadas pelo Notícias ao Minuto, a autarquia revela que a "situação anómala" foi detetada na altura e "imediatamente denunciada" no Agrupamento de Escolas.

Na sequência disso, garante a Câmara, foram solicitadas explicações à empresa fornecedora sobre o "empadão de atum com puré" servido aos alunos. 

A empresa, ainda segundo a autarquia, "esclareceu que, no que respeita à qualidade e segurança alimentar, a refeição cumpre todos os requisitos. Contudo, reconhece que a refeição em causa é um prato de difícil empratamento ao nível do efeito visual, devido às semelhanças de texturas e cor dos componentes da refeição".

A empresa admitiu ainda, "embora não conhecendo em que circunstâncias foi filmado o vídeo divulgado", que o "excessivo tempo de exposição do puré ao ar possa ter criado uma solidificação que levasse ao resultado exposto".

No entanto, garante a autarquia ao Notícias ao Minuto, "no mesmo dia, a mesma refeição nas demais escolas foi bem acolhida e com reação positiva pelos alunos, professores e auxiliares".

De acordo com a Câmara Municipal de Vila Verde, o serviço de refeições na Escola EB2,3 é monitorizado pela direção de Agrupamento de Escolas, "que diariamente acompanha o serviço, incluindo com elementos da direção que almoçam no refeitório escolar".

Mais informa a autarquia que contratualizou o serviço de refeições no início do ano letivo com empresa creditada para o serviço e em cujo caderno de encargos estão "claramente estabelecidas as exigências de qualidade e de segurança que se impõem". Além disso, sublinha a Câmara, "do acompanhamento permanente que os responsáveis do município fazem aos serviços prestados nas escolas, ressalta a avaliação de que no ano letivo em curso se regista a melhoria do serviço de refeições".

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um aluno a virar ao contrário um prato de empadão, servido na passada sexta-feira, no Agrupamento de Escolas de Vila Verde, sem que a comida caia. A consistência da mesma acabou por dar azo a gargalhadas, e a muitas críticas.

Leia Também: Refeição 'presa' ao prato? Sim, aconteceu numa escola de Vila Verde

Recomendados para si

;
Campo obrigatório