Meteorologia

  • 07 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 6º MÁX 13º

Família pediu 350 mil euros para tratar Tomás. A resposta surpreendeu

Em apenas quatro dias, os portugueses mobilizaram-se para doar 350 mil euros ao pequeno Tomás, de 11 anos, que sofre de uma leucemia mieloide aguda "muito agressiva".

Família pediu 350 mil euros para tratar Tomás. A resposta surpreendeu
Notícias ao Minuto

09:36 - 29/11/22 por Notícias ao Minuto

País Família Batazu

A Família Batazu, como é conhecida no Instagram, recorreu à rede social para apelar à doação de 350 mil euros para pagar um tratamento inovador e um transplante de medula óssea do filho Tomás, de 11 anos, que sofre de uma "muito agressiva" leucemia mieloide aguda. Em apenas quatro dias, a resposta dos portugueses foi surpreendente.

A história da família e do pequeno Tomás não é desconhecida. Nas redes sociais, o pai, a mãe e os quatro filhos menores, têm divulgado informações sobre a doença da criança, inclusive os dois tratamentos de quimioterapia, que não tiveram sucesso, e as viagens até ao Sheba Hospital, em Israel, que é o único a realizar tratamentos com células Car-T em crianças.

No final da semana passada, a família explicou que Tomás tem “uma leucemia mieloide aguda muito agressiva e o único tratamento que pode oferecer a cura é um transplante de medula”. Toda a família realizou testes de compatibilidade e a irmã mais nova, Mariana, é “100% compatível”.

O transplante estava marcado para o dia em que foi feito o apelo, mas foi “cancelado indefinidamente porque, depois de estar em remissão, a leucemia voltou”. “O IPO tem sido incansável mas, infelizmente, não dispõe do tratamento que o Tomás precisa, a alternativa proposta é a paliação…. estando ele tão forte!”, explicou a família.

View this post on Instagram

A post shared by Batazu (@batazu_family)

O pequeno Tomás já entrou em remissão “várias vezes”, mas “como não consegue ser transplantado antes da doença voltar, volta sempre à estaca zero”. 

O hospital israelita, localizado em Tel-Aviv, “tem experiência em casos difíceis” como o do menino de 11 anos e “quer ajudar”. No entanto, é preciso que entre em remissão outra vez, com a realização de novos tratamentos com células Car-T, “uma terapêutica que usa o sistema imunitário do Tomás para combater a leucemia sem a toxicidade da quimioterapia”.

O apelo era de 350 mil euros para pagar o tratamento e o transplante em Israel e, em quatro dias, o objetivo foi alcançado. “Hoje de manhã, acordámos e fomos ver a conta bancária e está lá tudo”, afirmou, na segunda-feira, Tomás Lamas, o pai da família.

“Temos tudo o que precisamos para conseguirmos fazer o tratamento do nosso filho. Conseguimos juntar o dinheiro necessário. Conseguimos, em quatro dias, mobilizar toda a gente, para atingir este objetivo”, acrescentou.

Já a mãe de Tomás, Margarida Lamas, agradeceu “às milhares” de mensagens de apoio e ao “trabalho de equipa”. “Não fomos só nós, foram vocês também”, frisou.

View this post on Instagram

A post shared by Batazu (@batazu_family)

Leia Também: Tratamento inovador em Israel pode salvar menino português

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório