Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Há 176 centros de saúde a funcionar com horários de atendimento alargado

Ministério da Saúde já tinha revelado que os horários alargados dos centros de saúde iriam ficar disponíveis no portal da Saúde.

Há 176 centros de saúde a funcionar com horários de atendimento alargado
Notícias ao Minuto

09:59 - 26/11/22 por Notícias ao Minuto

País SNS

São 176 os centros de saúde a funcionar em Portugal continental com horários de atendimentos alargado - dias úteis - ou complementar - aos fins de semana e feriados - segundo revela, este sábado, o Ministério da Saúde.

Em comunicado, a tutela liderada por Manuel Pizarro destaca que esta adaptação da capacidade ao nível dos cuidados de saúde primários "pretende responder a uma maior procura da população nos meses de outono/ inverno e diminuir a procura dos serviços de urgência em situações não emergentes".

Além disso, o Ministério da Saúde informa ainda que, como previsto no 'Plano Estratégico do Ministério da Saúde para a Resposta Sazonal em Saúde – inverno 2022-2023, apresentado publicamente esta semana pelo ministro, os locais com atendimento alargado ou complementar foram já atualizados na área dedicada ao Plano de Inverno no Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS). (Pode consultar a lista aqui)

A nota corrobora ainda o que havia sido dito na apresentação, garantindo que "esta atualização será feita regularmente, para permitir um melhor conhecimento e colaboração de todos os utentes e suas famílias no uso adequado dos serviços de saúde".

"Para melhor atendimento e aconselhamento, reforça-se a importância de ligar em primeiro lugar para o SNS 24 (808 24 24 24), para uma triagem e encaminhamento adequado de cada situação, para uma resposta mais célere e também para o melhor planeamento da atividade do SNS", apela o Ministério.

A tutela lembra que está também em curso a operacionalização da 'Via Verde ACeS' nos Serviços de Urgência, existindo já protocolo celebrado com 24 Agrupamentos de Centros de Saúde, de um total de 55, em articulação com unidades hospitalares.

"Esta resposta permite que os utentes triados como não urgentes – ou seja, pulseira branca, azul ou verde – sejam encaminhados dos hospitais para os centros de saúde, com data e hora previamente definidas, sendo atendidos, no máximo, em 24 horas. A aceitação da referenciação para os centros de saúde isenta os utentes do pagamento das taxas moderadoras", lembra.

No mesmo comunicado, o Ministério da Saúde convoca todos os cidadãos elegíveis a vacinarem-se contra a gripe sazonal e contra a Covid-19, estando a modalidade casa aberta, que dispensa marcação, disponível para maiores de 65 anos.

"Ainda no âmbito do 'Plano Estratégico do Ministério da Saúde para a Resposta Sazonal em Saúde', passará a ser divulgado um novo relatório semanal de acompanhamento da Resposta Sazonal em Saúde, tendo cessado ontem, sexta-feira, a publicação dos relatórios dedicados apenas à COVID-19", indica.

A publicação do novo documento será "iniciada na próxima semana". "Os indicadores de monitorização atualizados estão disponíveis na área dedicada ao Plano de inverno no Portal do SNS", acrescenta.

Leia Também: Portal do SNS com informação atualizada sobre centros de saúde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório