Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

Póvoa de Varzim. Jovens apanhados por onda são militares do Exército

As quatro raparigas e os quatro rapazes estavam na hora de lazer, num bar, e por volta das 4h30 da manhã foram para junto da água.

Póvoa de Varzim. Jovens apanhados por onda são militares do Exército
Notícias ao Minuto

09:14 - 25/11/22 por Notícias ao Minuto

País Póvoa de Varzim

Os oito jovens que foram esta sexta-feira apanhados pelas ondas na praia da Lagoa em Póvoa de Varzim, "são militares do exército que estavam em formação na Escola dos Serviços do Exército" sediada na cidade, avançou o capitão da Capitania do Porto da Póvoa de Varzim, Ferreira Teles.

Segundo a autoridade, o alerta foi dado cerca das 4h48 da madrugada para um acidente na praia da Lagoa, "com oito jovens que terão ido molhar os pés e uma que estava desaparecida".

À chegada ao local, as sete vítimas que conseguiram sair pelo próprio pé foram socorridas pela ambulância do INEM, e transportadas para o Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim, avançou o capitão.

Para encontrar a jovem que está desaparecida, estão empenhados os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim, o INEM, a Polícia Marítima e elementos da Estação Salva-vidas.

"Até ao nascer do sol, a busca e salvamento foi por terra", destacou a autoridade, acrescentando que, depois disso, foi solicitado um helicóptero de apoio da Força Aérea e foram iniciadas, apesar de a barra do porto estar fechada devido à agitação marítima, as buscas marítimas através de um barco salva-vidas.

As quatro raparigas e os quatro rapazes estavam de folga, em hora de lazer, num bar, e por volta das 4h30 da manhã foram para junto da água.

Duas jovens foram arrastadas e os restantes tentaram salvá-las, tendo conseguido resgatar uma, sendo que a outra, de cerca de 20 anos, desapareceu.

O Exército já instaurou um processo de averiguações sobre o incidente e lamentou o sucedido, "encontrando-se a prestar apoio psicológico aos militares envolvidos no incidente e aos familiares da militar desaparecida".

O balanço inicial dava conta de apenas quatro jovens arrastados pela ondulação na praia da Lagoa, na localidade de Aver-o-Mar, e de uma jovem com cerca de 20 anos desaparecida. Mais tarde, a informação foi atualizada para um número maior, de oito jovens.

Toda a costa marítima de Portugal continental, recorde-se, está sob aviso amarelo, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) devido à forte agitação marítima.

Leia Também: Oito jovens apanhados pela ondulação em praia da Póvoa de Varzim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório