Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 15º

GNR vai ensinar técnicos de canil a compreender comportamento dos cães

Os tratadores do centro de recolha animal de Vila Franca de Xira vão receber formação da GNR para compreenderem melhor o comportamento dos cães, um projeto-piloto que terá início no próximo ano, disseram à agência Lusa os promotores.

GNR vai ensinar técnicos de canil a compreender comportamento dos cães

A formação terá uma duração de 40 horas e será ministrada pelo Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC) da Unidade de Intervenção da Guarda Nacional Republicana (GNR), resultando de um protocolo assinado com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, segundo explicou à Lusa o major Gonçalo Brito, comandante da unidade.

O responsável referiu que a unidade da GNR vai dar formação aos oito tratadores que desempenham funções no Centro de Recolha Oficial (CRO) de Vila Franca de Xira, tratando-se de um "projeto pioneiro que irá preencher uma lacuna existente".

"A alteração legislativa que houve nesta matéria [2016] previa a formação. Considerando o 'know how' do GIC nesta matéria, nomeadamente os cães, pediram-nos que fizéssemos aqui um curso dirigido a estes tratadores, que viesse responder a uma imposição legal e a uma necessidade no dia a dia destes tratadores", justificou.

A esse propósito, Gonçalo Brito explicou que a formação vai ensinar os tratadores a compreenderem melhor o comportamento dos animais, nomeadamente dos cães, podendo desta forma "identificar sinais exteriores de comportamentos desviantes e antecipar uma pretensão de mordida".

"Portanto, o curso vai incidir sobre esses aspetos técnicos. Como é que o cão aprende, como responde, como podemos ver esses sinais exteriores. No fundo, compreender melhor o comportamento dos cães, como lidar com eles e até como os capturar", sintetizou.

O comandante do GIC disse ainda acreditar que a seguir ao município de Vila Franca de Xira aparecerão mais autarquias interessadas na formação.

"É com agrado que vemos aqui a sociedade civil e outras entidades a darem-nos reconhecimento e a pedirem-nos para auxílio para matérias que são cada vez mais prementes. É um acrescento às nossas tarefas e perspetivamos que haverá mais municípios a pedirem-nos", perspetivou.

Por seu turno, a veterinária municipal de Vila Franca de Xira, Ana Leonardo, destacou a importância da formação que será ministrada aos oito tratadores do CRO do município.

"Será uma formação muito prática e que poderá ajudar a prevenir muitas situações desagradáveis", apontou, indicando que aquela divisão tem sido muito solicitada para proceder a trabalhos de resgate.

Ana Leonardo referiu ainda que, neste momento, o CRO de Vila Franca de Xira tem ao seu cuidado 160 animais.

A lei que aprovou medidas para a criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais e estabelece a proibição do abate de animais errantes como forma de controlo da população entrou em vigor em 23 de setembro de 2016, estabelecendo um período transitório de dois anos para adaptação.

Leia Também: "Neste Natal seja consciente": Canil suspende adoções no final do ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório