Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

'Operação Viriato'. ASAE apreende 240 kg de batatas na Guarda

Foram fiscalizados 125 operadores económicos, tendo sido instaurados 20 processos de contraordenação.

'Operação Viriato'. ASAE apreende 240 kg de batatas na Guarda
Notícias ao Minuto

11:13 - 10/10/22 por Notícias ao Minuto

País ASAE

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), realizou, através da Unidade Regional do Centro (URC), uma operação de fiscalização em estabelecimentos de restauração e bebidas no concelho da Guarda, entre eles talhos, frutarias, supermercados, padarias, e pastelarias. A ‘Operação Viriato’ incluiu ainda oficinas, cabeleireiros, gabinetes de estética, retrosarias, papelarias, e retalhistas de artigos de vestuário, de decoração, de tintas e de peças de automóveis.

A propósito da operação, foram fiscalizados 125 operadores económicos, tendo sido instaurados 20 processos de contraordenação, segundo avança a ASAE, em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Como principais infrações, a entidade destaca “a falta de requisitos de higiene, a falta de preços em montras e vitrines, a falta de indicação da modalidade de venda com redução de preços, e o seu período de duração, a falta de manutenção de extintores, a falta de HACCP, a falta de rotulagem em hortofrutícolas, a falta de indicação da origem em carnes e a falta de rotulagem em géneros de alimentícios”.

Nessa linha, foram apreendidos 240 kg de batatas, no valor de 108 euros, por falta de rotulagem, bem como uma balança, por falta de controlo metrológico. Os alimentos foram doados a uma Instituição de Solidariedade Social, segundo a ASAE.

Além disso, foram levantados quatro autos de advertências no âmbito do novo Regime das Contraordenações Económicas, em contraordenações consideradas leves, incluindo a falta de comunicação prévia para o exercício da atividade. Contudo, foi dada “a possibilidade aos infratores de adotarem as medidas necessárias para reparar a situação ilegal detetada e para no prazo de 30 dias demonstrarem que repararam a situação que deu origem ao auto de advertência”.

Participaram nesta ação 18 brigadas da URC, num total de 36 inspetores.

O organismo assegura ainda que “continuará a desenvolver ações de fiscalização, no âmbito das suas competências, em todo o território nacional, em prol de uma sã e leal concorrência entre operadores económicos, na salvaguarda da segurança alimentar e saúde pública dos consumidores”.

Leia Também: Vendia bilhete para os Coldplay ao dobro do preço. Foi multado em 300€

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório