Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Sindicato dos Guardas Prisionais acusa Direção de violar direito à greve

Guardas prisionais acusam Direção-Geral dos Serviços Prisionais de recorrer a artifícios para que os guardas sejam forçados a cumprir os serviços mínimos.

Sindicato dos Guardas Prisionais acusa Direção de violar direito à greve
Notícias ao Minuto

21:41 - 27/09/22 por Notícias ao Minuto

País Guardas prisionais

O Sindicato Nacional Corpo Guarda Prisional acusou, esta terça-feira, a Direção-Geral dos Serviços Prisionais de violarem o direito à greve recorrendo a artifícios para que os guardas sejam forçados a cumprir os serviços mínimos.

Em documentos a que o Notícias ao Minuto teve acesso são referidas cirurgias plásticas como 'urgências', requerendo assim a presença dos guardas. 

Frederico Morais,  da direção do Sindicato Nacional dos Guardas Prisionais, indica ao Notícias ao Minuto que "neste momento os serviços clínicos da direção geral estão constantemente a violar o direito à greve do sindicato,  e, como podemos comprovar, basta escrever urgente até numa cirurgia plástica". 

O dirigente acusa ainda o "hospital prisional e serviços clínicos de todas as unidades orgânicas" de "procederem ao contrário da lei". 

Leia Também: Greve dos guardas prisionais adia julgamento de homicídio em Leiria

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório