Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

"Não é surpreendente que haja um recuo da esperança média de vida"

O Ministro da Saúde manifesta "preocupação" pelo recuo da esperança média de vida, mas lembra que a mortalidade provocada pela pandemia contribuiu para estes números.

"Não é surpreendente que haja um recuo da esperança média de vida"
Notícias ao Minuto

19:15 - 26/09/22 por Notícias ao Minuto

País Manuel Pizarro

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, disse, esta segunda-feira, à margem de uma participação nas comemorações do Dia Internacional do Farmacêutico, em Sintra, que, relativamente ao recuo da esperança média de vida à nascença, os "números têm de ser estudados de forma exaustiva".

Pizarro justificou que "não é surpreendente que depois de dois anos de pandemia tenha havido um recuo da esperança média de vida em Portugal e um pouco por toda a Europa".

Agora, explica o ministro, é tempo de "estuda a mortalidade para tentarmos perceber se há algo que possamos fazer para inverter esta tendência". 

Pizarro frisa que o "mais importante do SNS são os profissionais" 

Manuel Pizarro sublinhou que a sua "obrigação enquanto ministro da saúde é mobilizar os profissionais para esta causa que é o Serviço Nacional de Saúde (SNS)".

Frisando que "o mais importante do SNS são os profissionais", Pizarro indicou que "vamos ver se temos engenho" para "mobilizar o empenho destas pessoas" após estes dois anos de exaustão provocados pela pandemia, mas acrescentou que confia ter essa capacidade. 

O ministro adiantou ainda uma das medidas em cima da mesa - em que poderá ser disponibilizada informação clínica dos doentes aos farmacêuticos-, afiançando que o ministério está a trabalhar "nessa matéria". "Está a ser criado um perfil de informação de saúde a que os farmacêuticos terão acesso nas farmácias", apontou acrescentando que isso "pode, de facto, ser muito útil". 

Acrescentou ainda que estão a acontecer processos de recrutamento para as farmácias hospitalares, mas que isso ainda será demorado. 

Plano para o inverno? Anunciado nos primeiros dias de outubro

Manuel Pizarro avançou ainda que o plano contra a gripe para o inverno deverá ser anunciado "nos primeiros dias de outubro" e deixou um apelo à população. 

"De tudo o que temos de melhor para prevenir um surto de Covid-19 ou prevenir a gravidade da gripe é a vacinação", sublinhou frisando os benefícios da vacinação que é "muito melhor que remediar".

Leia Também: BE quer audição do ministro da Saúde sobre encerramento de maternidades

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório