Meteorologia

  • 21 MARçO 2023
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Várias urgências de Obstetrícia voltam a encerrar nos próximos dias

Hospitais de Lisboa, Santarém e Setúbal com encerramentos agendados para esta semana.

Várias urgências de Obstetrícia voltam a encerrar nos próximos dias

Durante os próximos dias, vão registar-se novos casos de encerramento de urgências de Obstetrícia e de Ginecologia e de blocos de parto em várias zonas do país, de acordo com a informação que consta no portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que fornece informações sobre o funcionamento destes serviços a nível nacional.

É o caso do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que vai apresentar horários reduzidos. Tanto os blocos de parto como os serviços de urgência de Obstetrícia e de Ginecologia apenas estarão abertos durante os períodos da noite e da madrugada de quarta a sexta-feira. Mas, no fim de semana, a assistência deverá a ser prestada em horário completo.

Já no Hospital Garcia de Orta, em Almada, os serviços de urgência e os blocos de parto vão funcionar normalmente até quinta-feira - embora na sexta-feira funcione apenas da meia-noite às 8 horas. A assistência ao público estará assim indisponível entre as 8 horas de sexta-feira e as 8 horas de sábado, bem como entre as 20 horas de sábado e as 8 horas de segunda-feira.

Há ainda a registar constrangimentos no serviço do Hospital Dr. Manoel Constâncio, em Abrantes, onde as urgências e o bloco de partos estarão fechados entre as 21 horas desta terça-feira e a mesma hora de quarta-feira.

No Hospital de Santarém, os mesmos serviços estarão encerrados desde as 8h30 de quarta-feira, por um período de 48 horas. O bloco de partos voltará ainda a fechar, adicionalmente, entre as 8h30 de sábado e a mesma hora de domingo.

De acordo com o previsto, também o bloco de partos da Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, iria estar encerrado a partir das 21 horas desta terça-feira e até às 9 horas de sexta-feira. No fim de semana, eram também esperados constrangimentos da mesma natureza. Isto porque o bloco de partos voltaria a encerrar entre as 21 horas de sábado e as 9 horas de domingo.

Porém, Ricardo Mira, diretor da área de Ginecologia e Obstetrícia, veio entretanto dar conta esta terça-feira, perante a comunicação social, de que face àquilo "que era previsível estar encerrado, hoje e amanhã", a unidade hospitalar já conseguiu "dar a volta e colmatar as falhas". "Posso garantir que, até ao final do mês de agosto, a MAC vai estar em pleno”, acrescentou.

Esta não seria a primeira vez que o bloco de partos desta instituição de saúde encerraria no espaço de semanas, tendo-se registado vários impedimentos na assistência prestada às grávidas da região de Lisboa durante esse período.

Por outro lado, o Hospital de Braga, que ao longo das últimas semanas tem também vindo a registar vários constrangimentos na assistência a doentes, vai ter os seus serviços normalizados durante esta semana, de acordo com a informação que consta no portal do SNS.

No Porto e no Algarve, os serviços obstétricos e ginecológicos dos hospitais destas regiões deverão manter-se nos horários regulares.

A existência de constrangimentos vários em serviços de urgência de Obstetrícia e de Ginecologia tem sido uma constante durante todo o verão, o que tem levantado novos debates sobre o adequado funcionamento do SNS.

[Notícia atualizada às 12h45]

Leia Também: Duas pessoas morreram durante transfusões de sangue em 2021

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório