Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Lisboa. Idosa ficou com 18 cêntimos na conta após cuidador furtar cartão

Não foi a primeira vez que o homem, de 32 anos, fez algo semelhante.

Lisboa. Idosa ficou com 18 cêntimos na conta após cuidador furtar cartão
Notícias ao Minuto

17:15 - 18/08/22 por Notícias ao Minuto

País Marvila

Um homem foi detido, na semana passada, na freguesia de Marvila, em Lisboa, depois de furtar o cartão de uma idosa, de 85 anos, deixando-a com 18 cêntimos na conta.

De acordo com um comunicado da Polícia de Segurança Pública (PSP), o homem, de 32 anos, encontrava-se a cuidar da idosa, assim como da filha, de 50 anos, que estava incapacitada devido a uma doença.

"Após acompanhar a idosa às compras, de forma astuciosa ficou a conhecer o PIN do cartão. Ainda nesse dia, momentos antes de abandonar a residência, furtou o cartão MB da lesada e dirigiu-se ao multibanco onde procedeu a dois levantamentos de 200 euros, cada", explicam as autoridades.

Na impossibilidade de levantar mais de 400 euros no mesmo dia, o homem esperou até depois da meia noite para levantar o que ainda era possível - 30 euros.

"A lesada dirigiu-se à esquadra e denunciou os factos bem como as suspeitas sobre o recente cuidador da família. Ficou patente na denúncia que lhe foi furtada toda a quantia monetária que teria disponível para os gastos diários, bem como, para os medicamentos da sua filha, ficando assim em graves dificuldades financeiras até receber novamente a pensão de agosto", refere a PSP na mesma nota.

O homem acabou por ser detido a 12 de agosto e, após análise de informação, foi possível descobrir que esta não era a primeira vez que algo do género acontecia, tendo já feito o mesmo a um idoso. O detido, de nacionalidade estrangeira, encontrava-se  a residir em Portugal desde maio passado.

O homem foi detido através de mandado de detenção fora de flagrante delito e presente a 1.º interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, a de prisão preventiva.

Leia Também: Nunca existiram tão poucos bombeiros como agora. E nos outros anos?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório