Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Morreu General João de Almeida Bruno. Marcelo recorda "devoção integral"

Helena Carreiras "envia as suas condolências" à família do militar. General "serviu as Forças Armadas e o País ao longo de mais de quatro décadas".

Morreu General João de Almeida Bruno. Marcelo recorda "devoção integral"
Notícias ao Minuto

18:45 - 10/08/22 por Notícias ao Minuto

País Óbito

Morreu, esta quinta-feira, o General João de Almeida Bruno, adianta o Ministério da Defesa Nacional em nota enviada às redações. A ministra Helena Carreiras "envia as suas condolências" à família do militar que perdeu a vida no Hospital das Forças Armadas, em Lisboa. Tinha 87 anos.

"Incorporado no Exército em 1952, Almeida Bruno serviu as Forças Armadas e o País ao longo de mais de quatro décadas, num percurso que culminou como Presidente do Supremo Tribunal Militar, entre 1994 e 1998, momento da sua passagem à situação de reforma", é recordado na mesma nota. 

Ao longo da sua carreira, adianta-se, foi distinguido com a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, com as medalhas de Valor Militar e da Cruz de Guerra, e com a Ordem Militar de Avis, entre outras condecorações.

Já em mensagem publicada na página da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa "evoca, com respeito, admiração e amizade, o General João de Almeida Bruno, apresentando as suas condolências à Família e ao Exército Português, que serviu com independência, sentido de missão e devoção integral."

Velório amanhã na Capela da Academia Militar

O velório do General Almeida Bruno realizar-se-á amanhã, dia 11 de agosto, a partir das 15h00, na Capela da Academia Militar, em Lisboa, indica o Exército Português em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. Já a Missa de Corpo Presente será celebrada no dia 12 de agosto, às 14h00, seguindo-se o Funeral para o Cemitério do Alto de São João, em Lisboa, a partir das 15h00.

O Exército manifestou também o seu "profundo pesar" pela morte do General, "endereçando à família enlutada e aos amigos mais chegados as mais sentidas condolências". "O Exército está de luto, por ter deixado de contar com um dos seus brilhantes servidores, expressando o maior respeito e honrando a memória deste notabilíssimo Soldado do Exército Português".

É ainda reiterado que o General João de Almeida Bruno "honrou, em todas as circunstâncias, os valores militares e o Exército que devotadamente serviu, afirmando-se pelas suas qualidades de liderança e exemplo a seguir, tendo marcado sucessivas gerações pela sua coragem, assim como pela clarividência e sagacidade que o relevaram ao longo de uma brilhante carreira".

A mensagem termina salientando que a "vida e legado do General Almeida Bruno são, assim, razão de profundo orgulho para o Exército, pela carreira distinta de um dos seus mais brilhantes Soldados, motivo do maior respeito pela sua memória e fator de motivação para todos os que nele servem".

[Notícia atualizada às 19h27]

Leia Também: "Tem que se considerar que a NATO não está a tentar expandir-se"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório