Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 16º

Calor volta a apertar e risco de incêndio aumenta. Recorde as regras

GNR recorda a lista de proibições aplicadas aos concelhos onde se regista perigo de incêndio muito elevado ou máximo.

Calor volta a apertar e risco de incêndio aumenta. Recorde as regras
Notícias ao Minuto

10:16 - 29/07/22 por Notícias ao Minuto

País Incêndios

Com o regresso das temperaturas elevadas e do risco de fogos, a Guarda Nacional Republicana (GNR) volta a recordar as regras em vigor durante este período de modo a evitar a propagação de incêndios.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou ontem para uma subida acentuada de temperatura no próximo fim de semana, com valores que podem chegar aos 42º Celsius em regiões do interior no Norte, Centro e Alentejo.

Segundo o Instituto, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até terça-feira.

Neste sentido, a GNR sublinha que, nos dias de perigo de incêndio muito elevado ou máximo, é proibido fazer queimadas, utilizar fogo para a confeção de alimentos em todo o espaço rural e fazer queima de amontoados sem autorização.

É ainda proibido "fumigar ou desinfestar em apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas" e lançar "balões de mecha acesa e foguetes". O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal.

Nos dias de perigo de incêndio muito elevado e máximo não é permitido também usar motorroçadoras, corta-matos e destroçadores.

"Informe-se na sua câmara municipal ou através do 808 200 520", aconselha ainda a GNR nas redes sociais.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação.

Leia Também: Fogo de Vila Pouca de Aguiar ainda tem uma frente ativa

Recomendados para si

;
Campo obrigatório