Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Escola de Turismo do Porto com mais alunos estrangeiros e licenciados

Licenciados em línguas, biologia, arquitetura, psicologia, artes ou comunicação e candidatos estrangeiros do Brasil, África e Médio Oriente encontram-se entre os novos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, que celebra quarta-feira o 50º aniversário.

Escola de Turismo do Porto com mais alunos estrangeiros e licenciados
Notícias ao Minuto

18:42 - 28/06/22 por Lusa

País Turismo

"Hoje temos muito mais alunos estrangeiros [do que há 50 anos], e temos muito mais alunos adultos, que já têm uma formação prévia e que veem na escola e nas ofertas formativas a possibilidade de reorientar a sua vida e as suas opções profissionais", conta Paulo Vaz, diretor da Escola de Hotelaria e Turismo do Porto (EHTP), que celebra esta quarta-feira o seu 50º aniversário.

Em entrevista à agência Lusa a propósito dos 50 anos de ensino da EHTP, Paulo Vaz conta que esta instituição de ensino na cidade do Porto representa "um bocadinho" do que é o "nosso mundo".

"Somos globais. Neste momento devemos ter cerca de 10, 12 nacionalidades. Brasileiros, países africanos, da Europa bastantes (...), Médio Oriente", conta Paulo Vaz, referindo que são os antigos alunos que divulgam e promovem "boca a orelha" a escola, bastando ter alunos a trabalhar, por exemplo, no Médio Oriente para haver candidatos além fronteiras a tentar entrar na escola.

Os alunos licenciados são de várias áreas: em línguas, arquitetura paisagísticos, 'designers', biologia, comunicação, psicologia, filosofia.

Há também muitos alunos licenciados na área das artes, principalmente para o curso de gestão e produção de cozinha e gestão e produção de pastelaria, que "têm uma forte componente artística e criativa".

Para os cursos de gestão de turismo e gestão de turismo cultural e património há muitos licenciados na área das letras, designadamente das ciências sociais. São cursos com taxas de empregabilidade muito interessante, na ordem dos 90 e muitos por cento e com cada vez com um cariz mais prático e operacional.

Paulo Vaz refere que a escola está a trabalhar de forma muito estreita com as "principais instituições da cidade e da área metropolitana" para acolher estes alunos como estagiários e para lhes dar oportunidades de eles verem e trabalhar com a realidade.

A Escola de Hotelaria e Turismo do Porto forma, por ano, entre 200 a 250 alunos.

Para o próximo ano letivo a EHTP vai abrir 10 novas turmas, com cerca de 200 vagas, e "metade da oferta já está esgotada", conta Paulo Vaz.

O corpo docente da escola é o "mais coeso e permanente possível", recorrendo muito aos antigos alunos e a professores convidados para áreas específicas.

Oferece atualmente um leque de cursos de especialização tecnológica que responde aos desafios propostos pelas empresas do setor para Portugal, desde Alojamento, Restaurante/Bar, Cozinha, Pastelaria, Turismo, Turismo Cultural e Património e cursos de Alojamento e Cozinha totalmente lecionados em língua inglesa, oferecendo assim a possibilidade de receber alunos de qualquer parte do mundo.

A EHTP começou a lecionar em 1969 e nessa altura foi a segunda escola de hotelaria e turismo de Portugal (a primeira era em Lisboa), fazendo uma "formação básica" para o setor da restauração e da hotelaria, como empregados de mesa, 'barman', cozinheiros e área de alojamento, recordou o diretor, aluno daquela escola há 30 anos.

"Hoje o que nós temos é uma escola que forma quadros intermédios e médios para o setor do turismo, hotelaria e restauração e também colaboradores com a formação básica", conclui o diretor Paulo Vaz. Os alunos podem depois prosseguir os seus estudos na universidade ou politécnicos parceiros, para atingir outros níveis de responsabilidade hierárquicos nas unidades onde vão trabalhar.

Esta quarta-feira, pelas 18:00, a EHTP organiza o evento "Do You Remember", para retomar as celebrações dos 50 anos "interrompidas pela pandemia", onde vão reunir várias gerações de profissionais da hotelaria e turismo do panorama turístico nacional e internacional.

Leia Também: Proteção de mirante da Madalena é da "exclusiva responsabilidade" de Gaia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório