Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º

Suspeitos da morte de Jéssica ficam em prisão preventiva

O Tribunal de Setúbal já divulgou as medidas de coação aplicadas aos três suspeitos de homicídio de Jéssica de três anos.

Suspeitos da morte de Jéssica ficam em prisão preventiva
Notícias ao Minuto

16:53 - 25/06/22 por Notícias ao Minuto

País Justiça

Já são conhecidas as medidas de coação aplicadas aos três suspeitos de homicídio de Jéssica, a menina de três anos que foi morta em Setúbal. A alegada ama, o marido e a filha de ambos irão aguardar o decurso da investigação em prisão preventiva, segundo avança a CNN Portugal.

Os três suspeitos, detidos pela Polícia Judiciária por suspeita de homicídio qualificado, rapto, extorsão e ofensas à integridade física, foram ouvidos durante a tarde de sexta-feira e também este sábado no Tribunal de Setúbal.

A menina estava ao cuidado de uma mulher, que inicialmente foi identificada pela mãe como sendo a ama. Com o passar dos dias, veio a revelar-se que esta mulher teria raptado a criança para cobrar uma dívida de 400 euros contraída pela progenitora da menor. 

Inês Tomás terá recorrido a esta mulher para um feitiço de 'amarração' dirigido ao companheiro, com o objetivo de que o mesmo não a abandonasse.

Jéssica foi torturada e espancada ao longo de cinco dias sem que a mãe denunciasse o que estava a acontecer. Quando voltou ao cuidado de Inês, a menina estava com marcas de agressões, ainda assim, a mãe acionou o INEM horas depois de ter ido buscar a criança.  

Recorde-se que o funeral decorreu, na sexta-feira, no Cemitério da Paz, em Setúbal, num clima de fúria popular e insultos dirigidos à mãe da criança, Inês Tomás. 

Leia Também: Suspeita de homicídio de Jéssica não falou em tribunal por estratégia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório