Meteorologia

  • 06 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 31º

Navio da Marinha parte para missão internacional de apoio às fronteiras

O almirante Henrique Gouveia e Melo esteve esta manhã na Base Naval de Lisboa "para se despedir da guarnição do navio e desejar votos de boa missão".

Notícias ao Minuto

12:15 - 29/05/22 por Notícias ao Minuto

País Marinha Portuguesa

O navio de patrulha costeira Mondego participa, a partir de 1 de junho, numa missão de combate ao tráfico de estupefacientes e controlo da imigração ilegal, informa a Marinha Portuguesa em comunicado.

O navio parte este domingo da Base Naval de Lisboa, rumo a Espanha, para integrar, a partir do dia 1 de junho e durante um mês, a Operação ÍNDALO 22, coordenada pela Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX).

O Chefe do Estado-Maior da Armada, o almirante Henrique Gouveia e Melo, esteve esta manhã na Base Naval de Lisboa "para se despedir da guarnição do navio e desejar votos de boa missão".

Recorde-se que esta é uma das operações mais importantes da União Europeia em matéria de "combate ao tráfico de estupefacientes, controlo da imigração ilegal, poluição marítima e pesca ilegal", tendo contribuído ao longo dos anos também para "a salvaguarda da vida humana no mar, através das missões de busca e salvamento".

Ao serviço da Marinha Portuguesa desde 2014, o NRP Mondego é um dos cinco navios da classe Tejo.

O navio, comandado pelo primeiro-tenente Bruno Tristão de Brito, parte para esta missão com 29 militares, incluindo dois mergulhadores.

Leia Também: Navio Viana do Castelo termina missão em Bissau com "balanço positivo"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório