Meteorologia

  • 03 JULHO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 30º

Fátima une-se a Roma na terça-feira em Rosário pela paz

O Santuário de Fátima vai estar unido ao Papa Francisco na oração do Rosário pela paz no mundo, na próxima esta terça-feira, 31 de maio, anunciou hoje a instituição.

Fátima une-se a Roma na terça-feira em Rosário pela paz
Notícias ao Minuto

19:26 - 26/05/22 por Lusa

País Santuário de Fátima

A oração do rosário, que em Fátima acontecerá na Capelinha das Aparições, irá ser rezada em Roma pelo Papa, na Basílica de Santa Maria Maior, perante a Imagem de Nossa Senhora, Rainha da Paz, a partir das 17:00 portuguesas.

O Rosário pela paz, dinamizado pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (CPPNE), congregará diferentes santuários internacionais e o momento será transmitido no canal oficial do Vaticano (www.vaticannews.va) e nas redes sociais do Santuário de Fátima.

"No final do mês mariano, o Papa Francisco deseja oferecer um sinal de esperança ao mundo, que sofre com o conflito na Ucrânia e profundamente ferido pela violência dos muitos teatros de guerra ainda ativos", lê-se na nota do CPPNE, na qual é proposto este momento de oração.

O Santuário de Fátima une-se, assim, uma vez mais, a Roma, "depois de outras iniciativas recentes, surgidas também a pedido do Papa".

"A 13 de maio de 2021, a Cova da Iria juntou-se a uma maratona de oração promovida pelo Santo Padre, durante o mês de maio, com a recitação do terço pelo fim da pandemia, com uma intenção especial pelos reclusos detidos em todas as cadeias do mundo inteiro. A 30 de maio de 2020, Fátima foi um dos santuários marianos espalhados pelos cinco continentes que se juntou ao Papa Francisco na oração do Rosário para assinalar o mês de Maria e pedir a consolação de Nossa Senhora para enfrentar a pandemia provocada pela Covid-19", recorda o santuário português na sua página na Internet.

Além do Santuário de Fátima, participarão na iniciativa de terça-feira, entre outros, templos na Ucrânia, Iraque, Síria e Bahrein.

"A estátua de Nossa Senhora, Rainha da Paz, perante a qual o Papa vai rezar, foi encomendado por Bento XV ao escultor Guido Galli, na época vice-diretor dos Museus do Vaticano, para pedir à Virgem o fim da Primeira Guerra Mundial em 1918", adianta uma nota do Santuário de Fátima, sublinhando que, em Roma, participarão na recitação crianças que receberam a Primeira Comunhão e Crisma nas últimas semanas, escuteiros e famílias da comunidade ucraniana da capital italiana.

"Como sinal de proximidade com os mais envolvidos na guerra que assola a Europa, foram convidados a rezarem as dezenas do Rosário: uma família ucraniana, pessoas ligadas às vítimas da guerra e um grupo de capelães militares", acrescenta.

Em Fátima os mistérios serão rezados nas sete línguas oficiais do santuário, bem como em ucraniano e árabe, sendo a oração presidida pelo reitor, padre Carlos Cabecinhas.

Leia Também: "Destroçado", Papa condena ataque em escola no Texas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório