Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Jovens dos estágios nos Açores passam ter apoio à mobilidade profissional

O programa de apoio à mobilidade socioprofissional para jovens dos Açores (MOOV) passou a abranger os estágios integrados em cursos profissionais e visitas de estudo, anunciou hoje o Governo Regional.

Jovens dos estágios nos Açores passam ter apoio à mobilidade profissional

A secretária regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, Maria João Carreiro, referiu que a faixa etária do público-alvo do programa também foi alargada, permitindo que os jovens até aos 30 anos que queiram ter uma experiência formativa em contexto real de trabalho numa outra ilha da região, que não a de residência, possam agora beneficiar desta iniciativa.

A responsável intervinha na sessão de apresentação do Programa MOOV, que decorreu na terça-feira, na Escola Profissional de Vila Franca do Campo, na freguesia de Ponta Garça, ilha de São Miguel.

Citada em nota de imprensa, Maria João Carreiro afirmou que "as novas medidas contempladas no MOOV visam torná-lo mais abrangente e mais inclusivo para que mais jovens, em diferentes circunstâncias, possam tirar partido de um programa que é inovador e que, ao promover a mobilidade juvenil interilhas, proporciona uma experiência formativa e social enriquecedora".

O Programa MOOV foi criado pelo Governo dos Açores em 2021, estabelecendo agora três novas medidas: o MOOV 360, para apoiar estágios com duração de 30 dias; o MOOV Nemésio Pro, para apoiar a realização de estágios integrados nos cursos profissionais de nível IV por alunos do 3.º ano; e o MOOV Visit Pro, para apoiar a realização de visitas de estudo a escolas profissionais da região.

De acordo com a secretária regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, os apoios variam em função da medida, estando assegurado o apoio às viagens de ida e volta e a atribuição de uma bolsa, no caso do MOOV 360 e do MOOV Nemésio Pro.

Para a titular da pasta do Emprego, o MOOV "pode também ser um instrumento importante na reativação dos jovens NEET [não estudam nem trabalham], oferecendo oportunidades de estágio de curta duração que permitam um reaproximar dos jovens ao mundo do trabalho".

A governante referiu que a iniciativa surge em "ligação com a Agenda Regional para a Qualificação Profissional -- Açores 2030", ao divulgar as ofertas formativas do ensino profissional, apresentando-o como "um percurso interessante para os jovens que queriam a sua especialização tecnológica e profissional em alternativa ao ensino superior".

Leia Também: Atenção, universitários: Lidl lança programa de estágios remunerados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório