Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 32º

Portugal regista mais de 30 mortes diárias por Covid-19 desde sexta-feira

Principais indicadores da pandemia têm vindo a aumentar. No dia 16 de maio, contabilizou-se o número mais alto de casos diários desde janeiro.

Portugal regista mais de 30 mortes diárias por Covid-19 desde sexta-feira

Portugal regista mais de 30 mortes diárias associadas à Covid-19 há quatro dias consecutivos (20 - sexta-feira -, 21, 22 e 23 de maio), de acordo com os dados publicados pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Nas últimas 24 horas, o país contabilizou 37 óbitos e 36.143 novos casos de infeção.

No dia anterior, a DGS tinha registado ('apenas') 9.821 testes positivos, mas 39 vítimas mortais.

No dia 21 registaram-se 34 óbitos e, a 20, tinham-se somado mais 31 vítimas.

Se recuarmos a segunda-feira da semana passada, dia 16 de maio, o país reportou 38.448 casos diários, o número mais elevado dos últimos meses. É preciso 'ir até' janeiro para observar números tão elevados.

Os principais indicadores da pandemia têm vindo a aumentar e, segundo o 'site' estatístico Our World in Data, Portugal é o país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes nos últimos sete dias e o segundo no mundo neste indicador.

A média diária de novos casos está em 2.290 por milhão de habitantes.

Face à incidência elevada, o Governo decidiu voltar a comparticipar a 100% os testes TRAg de uso profissional, desde que prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde. Contudo, por ainda estarem a decorrer acertos técnicos, estes testes à Covid-19 só devem começar a ser feitos nas farmácias a partir de quarta-feira.

Leia Também: Testes comparticipados à Covid nas farmácias só a partir de quarta-feira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório