Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

Governo confirma que foi congelado imóvel que deverá ser de Abramovich

"Temos uma convicção forte, que ainda não é uma confirmação, que essa casa pertence a Abramovich", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Governo confirma que foi congelado imóvel que deverá ser de Abramovich

O ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, confirmou, este sábado, que foi congelado um imóvel no Algarve que as autoridades acreditam pertencer ao oligarca russo Roman Abramovich.

Em causa está a notícia avançada pelo jornal Público, que indica que o multimilionário tentou vender a propriedade, localizada na Quinta do Lago, dias antes da invasão à Ucrânia. A Caixa Geral de Depósitos sinalizou a operação e alertou as autoridades. Segundo o mesmo jornal, o registo da propriedade encontra-se congelado, a pedido do Ministério dos Negócios Estrangeiros, desde 25 de março.

"Efetivamente há o congelamento de um imóvel, de uma casa, na Quinta do Lago, que pensamos ser propriedade de Roman Abramovich", começou por dizer Gomes Cravinho, em declarações à RTP3 em Berlim, antes de uma série de discussões com os membros da NATO.

"A dificuldade aqui é que os bens e as empresas, por sua vez, estão em nome de outras empresas. E, por vezes, é difícil identificar o que é que é propriedade efetivamente dos indivíduos sancionados", notou.

"Neste caso temos uma convicção forte, que ainda não é uma confirmação, que essa casa pertence a Abramovich e, portanto, está congelada, o que significa que não pode ser vendida, hipotecada, arrendada, para qualquer tipo de proveito financeiro de Abramovich", acrescentou.

O governante português garantiu ainda que as sanções "são tomadas muito a sério por Portugal" e que "qualquer indivíduo sancionado, que se julgue ter propriedade ou bens em Portugal, será sempre investigado e confirmando-se os bens serão congelados".

Recorde-se que, de acordo com o Público, a moradia, avaliada em 10 milhões de euros, estava a ser vendida pela Millhouse Views LLC, que é detida pela Millhouse LLC, que pertence a Roman Abramovich.

O jornal explica que, a 09 de fevereiro, um cidadão britânico tentou pedir um empréstimo para comprar o imóvel e foi essa operação que chamou a atenção da Caixa Geral de Depósitos.

Recorde-se que o russo foi sancionado pela União Europeia em meados de março.

[Notícia atualizada às 18h39]

Leia Também: Cravinho admite Finlândia e Suécia membros da NATO até final do ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório