Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 27º

"Não é agressivo". Rotweiller que atacou menina está no canil do Cartaxo

Átila é "dócil" e um cão que "aceita bem uma festa", explicou à CNN Portugal Veladimiro Elvas, presidente do canil. Agora, aguarda para saber qual o seu futuro.

"Não é agressivo". Rotweiller que atacou menina está no canil do Cartaxo
Notícias ao Minuto

08:56 - 12/05/22 por Notícias ao Minuto

País Cartaxo

Átila, tem seis anos e é o cão de raça Rotweiller (potencialmente perigosa) que atacou uma menina de três anos em Pontével. Agora, conta a CNN Portugal, está no Canil Municipal do Cartaxo, distrito de Santarém, enquanto aguarda uma decisão sobre o que lhe irá acontecer no futuro. 

Os funcionários, refere o canal, descrevem o animal como um cão "obediente" e que não tem sinais de agressividade.

O presidente, Veladimiro Elvas, refere que Átila é "dócil" e um cão que "aceita bem uma festa". "O instinto dele não é agressivo, é completamente parecido com todos os outros que temos", acrescentou. 

O animal tem chip mas não estará legalizado - não possuiu licença ou seguro. Para reaver Átila, o dono tem 15 dias para apresentar a documentação. Se não o fizer, pode incorrer no crime de abandono. 

Recorde-se que uma criança de três anos ficou gravemente ferida na sequência do ataque do cão. A menina foi transportada pela Cruz Vermelha de Aveiras de cima para o Hospital de Santarém e, posteriormente, reencaminhada num helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria.

Está a recuperar de "golpes profundos no rosto, num olho e nas costas" e, neste passado fim de semana, saiu dos Cuidados Intensivos. O animal pertence a uma das vizinhas e a mãe da menor, ao tentar socorrer a menor, também ficou ferida.

Leia Também: Menina de 3 anos atacada por Rotweiller saiu dos Cuidados Intensivos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório