Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Paulo Portas representa Portugal no funeral de Adolfo Suárez

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, vai representar o Estado português no funeral do antigo chefe de Governo espanhol Adolfo Suárez, que se realiza na segunda-feira em Madrid, disse à Lusa fonte do seu gabinete.

Paulo Portas representa Portugal no funeral de Adolfo Suárez
Notícias ao Minuto

14:22 - 29/03/14 por Lusa

País Óbito

O vice-primeiro-ministro viaja para Madrid na tarde de segunda-feira, após o Conselho de Ministros extraordinário, precisou a mesma fonte.

O Conselho de Ministros extraordinário inicia-se às 8:30 em Lisboa e tem em cima da mesa a discussão do Documento de Estratégia Orçamental (DEO).

O funeral de Estado em memória do ex-primeiro-ministro espanhol Adolfo Suárez, falecido a 23 de março, aos 81 anos, realiza-se na segunda-feira na Catedral de la Almudena, em Madrid, cinco dias depois das exéquias privadas em Ávila, sua cidade natal.

A cerimónia, que se iniciará pelas 19:00 na Catedral de Santa María la Real de la Almudena, contará com a presença da família real espanhola, das altas autoridades do Estado, da família Suárez e de representantes de diversos setores da sociedade.

Adolfo Suárez, considerado o artífice da democracia em Espanha, chefiou o primeiro governo após a ditadura do general Francisco Franco, tendo, nos primeiros 11 meses em que esteve no poder, aprovado a lei da amnistia, legalizado partidos e sindicatos e convocado eleições livres em 1977, que venceu legitimamente.

Terá, assim, direito a uma despedida com as máximas honras e, para tal, o Governo pôs em marcha, pela segunda vez em democracia, o protocolo fúnebre de Estado previsto para os ex-presidentes do executivo, organizado de acordo com a vontade da família (a primeira vez foi em dezembro de 1982, quando morreu o segundo chefe do executivo do período democrático, Leopoldo Calvo-Sotelo).

A distribuição dos convidados seguirá as normas de precedência definidas pelo protocolo, consagradas no Real Decreto 2099/83, e a família ocupará um lugar privilegiado no templo, nas primeiras filas do lado esquerdo da nave central de la Almudena.

Todos deverão cumprir luto rigoroso e o funeral de Estado não será, previsivelmente, aberto ao público.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório