Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Sete detidos por tentarem viajar com falsos testes à Covid-19

De acordo com a PJ, em causa podem estar os crimes de falsificação de documento, propagação de doença, branqueamento de capitais e falsidade Informática.

Sete detidos por tentarem viajar com falsos testes à Covid-19
Notícias ao Minuto

12:23 - 17/01/22 por Notícias ao Minuto

País Aeroporto de Lisboa

Sete pessoas foram detidas, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, por tentarem viajar com comprovativos falsos de teste à Covid-19, anunciou a Polícia Judiciária esta segunda-feira, em comunicado.

Os detidos são três mulheres e quatro homens, com idades compreendidas entre 26 e 36 anos, que pretendiam "apanhar um voo para outro país dentro do espaço europeu".

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção,

Segundo a PJ, o inquérito corre termos no DIAP de Lisboa, por factos suscetíveis de enquadrar a prática de crimes de "falsificação de documento", "propagação de doença", "branqueamento de capitais",  e "falsidade Informática".

"A falsificação de resultados dos testes põe em causa a confiança nos mesmos, gera insegurança nos operadores e no cidadão comum, inviabiliza a adoção das medidas adequadas à contenção da propagação e, suscitando a dúvida sobre a autenticidade dos comprovativos", acrescenta a PJ no documento.

Nesta operação, denominada Voo Rasante, a Polícia Judiciária contou com a colaboração dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

Os detidos já foram sujeitos a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, não tendo sido reveladas que medidas de coação foram aplicadas.

Leia Também: Polícia angolana detém três pessoas no aeroporto com testes falsificados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório