Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Testagem prévia de crianças não evitaria infeções, diz diretor da Saúde

 O diretor regional da Saúde dos Açores considerou hoje que é "fundamental" testar os alunos ao SARS-CoV-2, mas ressalvou que a testagem anterior ao arranque das aulas não garantiria que não houvesse casos no resto do período.  

Testagem prévia de crianças não evitaria infeções, diz diretor da Saúde
Notícias ao Minuto

17:35 - 13/01/22 por Lusa

País Cores

"As crianças já estão a interagir umas com as outras e eventuais contágios ou propagação de casos serão diagnosticados, até porque, vamos ser realistas, não é uma testagem prévia que garante que todo um período letivo possa decorrer sem casos", afirmou, em declarações aos jornalistas, o diretor regional da Saúde, Berto Cabral.

O segundo período do ano letivo nos Açores arrancou na segunda-feira, uma semana mais tarde do que o inicialmente previsto, devido à evolução da pandemia de covid-19.

A testagem em massa ao SARS-CoV-2 nas escolas açorianas começou hoje e vai abranger apenas os alunos do 1.º e 2.º ciclos das ilhas Terceira e São Miguel, as únicas duas em que está identificada a transmissão comunitária de SARS-CoV-2, num universo de cerca de 11.500 crianças.

Questionado sobre o facto de a testagem não ter ocorrido mais cedo, Berto Cabral disse que é mais fácil obter os consentimentos informados dos pais depois de as aulas começarem, porque nem todos têm acesso a emails, e rejeitou que fosse mais eficaz.

"É uma amostragem que vamos ter da situação atual, que irá permitir o isolamento de positivos e que a atividade letiva possa decorrer com a maior normalidade possível", apontou.

O diretor regional da Saúde, que é também responsável máximo da Autoridade de Saúde Regional, defendeu, ainda assim, que "é fundamental a testagem continuar a ser feita, para que as escolas possam ter a sua atividade o mais normal possível".

"Depois de uma semana de contenção, com as escolas fechadas e depois dos primeiros dias de atividade letiva, em que houve interação entre as crianças, inicia-se agora esta testagem para fazer um levantamento e uma identificação rápida de eventuais casos positivos, que depois possam ser isolados, de forma a que a atividade da escola possa decorrer dentro da maior normalidade possível como se pretende", frisou.

Para já, está prevista apenas a testagem dos alunos do 1.º e 2.º ciclos, por "estas crianças não estarem vacinadas".

Questionado sobre um possível alargamento da testagem a outras ilhas, em especial às ilhas do Pico e do Faial, onde houve um aumento de casos de infeção nos últimos dias, o diretor regional não excluiu essa hipótese, mas alertou para a falta de recursos humanos.

"Se a situação epidemiológica se justificar e se houver os meios técnicos profissionais para tal. Temos de reconhecer que estamos num momento diferente da pandemia. Temos um acelerar da vacinação de reforço, temos esta testagem na escola, continua alguma atividade assistencial", apontou.

Berto Cabral sublinhou, por outro lado, que "em qualquer momento que se justifique e que a delegação de saúde entenda que é preciso fazer uma testagem mais alargada numa turma, numa escola, isso acontecerá".

Os Açores têm atualmente 3.152 casos ativos de infeção por SARS-CoV-2, sendo 2.109 em São Miguel, 518 na Terceira, 253 no Faial, 166 no Pico, 50 em Santa Maria, 29 nas Flores, 19 em São Jorge, cinco no Corvo e três na Graciosa. 

Segundo a Autoridade de Saúde Regional, até quarta-feira, foram administradas nos Açores 431.112 doses de vacinas contra a covid-19 e 203.266 pessoas têm vacinação primária completa (85,89% da população).

A dose de reforço foi administrada a 55.716 pessoas (23,50%) e a vacinação de crianças entre os cinco e os 11 anos arranca na próxima semana.

Leia Também: AO MINUTO: Madeira prolonga contingência; Covid-19 'trama' Messi

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório