Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 5º MÁX 15º

Edição

Hospital de São João. "O Santiago nasceu bem, a chorar, com um bom peso"

Após ter sido dado a conhecer que o bebé cuja mãe está ligada à ECMO, com Covid-19 e não vacinada, já nasceu, o Hospital de São João, no Porto, fez um primeiro ponto de situação. "A mãe continua com Covid-19 grave", esclareceu-se.

Hospital de São João. "O Santiago nasceu bem, a chorar, com um bom peso"

"Foi uma cesariana programada, houve todas as condições para receber o bebé com as medidas de segurança. Felizmente, o Santiago nasceu bem, a chorar, com bom peso para a idade gestacional [2.420 kg]. Foi transferido para a Neonatologia e encontra-se muito bem, a respirar sozinho". Após ter sido dado a conhecer que o bebé cuja mãe está ligada à ECMO, com Covid-19 e não vacinada, já nasceu, o Hospital de São João, no Porto, fez um primeiro ponto de situação sobre o caso pela voz de Henrique Soares, diretor de Neonatologia.

O médico explicou, em seguida, que o menino "já está com leite" e "clinicamente muito bem". Os "primeiros exames que fazem parte de uma primeira avaliação global também estão normais".

Questionado sobre se Santiago, devido às especificações do seu nascimento, terá algum acompanhamento 'especial', Henrique Soares fez questão de esclarecer que "todos os bebés que nascem com esta idade gestacional têm um programa muito próprio de seguimento e, naturalmente, que ele vai ser incorporado nesse programa". Está, de momento, na incubadora.

Neste momento, a testagem feita ao bebé indica que este está "negativo" para a Covid-19, sendo "altamente improvável" que a situação se altere. Contudo, será realizado "um segundo teste". "Faz parte, nesta situação". 

A alta do bebé, foi ainda sublinhado, "não está dependente" da da mãe. A progenitora está "nos Cuidados Intensivos" e, "qualquer mãe que se encontre aqui internada não tem condições de ter o bebé em coabitação"

"A mãe continua com Covid-19 grave" 

Sobre a saúde da mãe, Roberto Roncon, diretor de medicina Intensivista do Hospital de São João, afirmou que esta "continua com Covid-19 grave, com suporte respiratório extracorporal com ECMO". 

"Apesar de estar acordada, colaborante, bem-disposta, ainda tem uma insuficiência respiratória que faz com que precise do ambiente de Cuidados Intensivos", acrescentou o médico. A situação é, "de momento, estável", mas enquanto está nesta unidade, "merece uma preocupação e uma atenção especiais".

Recorde-se que a mulher, de 35 anos, com Covid-19 e não vacinada, está desde, sexta-feira, ligada ao dispositivo de circulação extracorporal.

[Notícia atualizada às 12h02]

Leia Também: Já nasceu o bebé da grávida não-vacinada ligada à ECMO no S. João

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório