Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Stalking. Homem detido por perseguir ex-companheira na Azambuja

Suspeito "não aceitava o término da relação e persistia em manter comportamentos de assédio persistente" contra a vítima, sua ex-companheira, de 40 anos.

Stalking. Homem detido por perseguir ex-companheira na Azambuja

Um homem, de 45 anos, foi detido pelo Comando Territorial de Lisboa da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 22 de novembro, segunda-feira, por violência doméstica, no concelho de Azambuja.

No âmbito de um processo de violência doméstica, explica a GNR em comunicado  a que o Notícias ao Minuto teve acesso, os militares da Guarda apuraram que o "suspeito não aceitava o término da relação e persistia em manter comportamentos de assédio persistente (stalking) contra a vítima, sua ex-companheira, de 40 anos".

O homem perseguia-a "por todo o lado, confrontando-a e ameaçando-a mesmo na presença dos filhos menores", numa "tentativa de lhe provocar medo e inquietação, afetando gravemente a sua liberdade e as suas rotinas".

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Alenquer na terça-feira, onde lhe foi decretada a medida de coação de afastamento e proibição de contacto com a vítima, controlado por pulseira eletrónica, além de apresentações bissemanais no posto policial da área de residência e a exame psicológico.

O stalking, ou assédio persistente, é uma forma de violência definida como um conjunto de comportamentos de assédio praticados, de forma persistente, por uma pessoa contra outra, sem que esta os deseje e/ou consinta, realçou ainda a GNR.

Leia Também: Violência sobre grupos vulneráveis específicos exige "mais informação"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório