Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

"Avassalador". Portugueses doam 137 mil euros a Tatiana e aos irmãos

Donativos estão encerrados. Dinheiro servirá não só para reconstruir a casa como para um carro, despesas de saúde, terapias e assegurar o futuro dos menores.

"Avassalador". Portugueses doam 137 mil euros a Tatiana e aos irmãos

Mais uma vez os portugueses mostraram que são dos povos mais solidários do mundo. Em apenas quatro dias, foram angariados 137.259.70 euros para ajudar Tatiana e os irmãos menores, um dos quais portador de deficiência, cujos pais já morreram e que vivem numa casa sem condições.

A história desta família foi divulgada pela blogger Carmen Garcia - ‘A Mãe Imperfeita’ - nas redes sociais. A partir daí, além da influencer Madalena Abecasis, foram muitos os que se dispuseram a ajudar para dar uma casa digna a estes meninos.

Esta terça-feira, o Notícias ao Minuto, apresentou-lhe o caso. A última atualização do valor da conta era de 47 mil euros. Em menos de 24 horas, o valor triplicou.

Nas redes sociais, Carmen Garcia agradeceu a todos os que contribuíram e anunciou que pediu à gestora do banco para encerrar os movimentos da conta pois o objetivo de 17.500 euros foi “superado”. Os donativos estão assim encerrados.

Desta forma, a blogger pede que não façam mais transferências. O dinheiro angariado, assim como os bens e serviços doados, são suficientes, segundo Carmen, não só para reconstruir a casa como para um carro, despesas de saúde, terapias e assegurar o futuro dos menores.

“Isto está a ser tão avassalador, tão gigante, tão bom. Neste momento temos verba para garantir a casa que tanto quisemos dar a esta família, temos verba para garantir uma conta para a Bi, que ela possa mobilizar apenas na maioridade, que lhe permita ter uma vida digna, revelou ‘A Mãe Imperfeita’, acrescentando que não vão entregar quantias elevadas de dinheiro à família, vão sim assegurar o já acima mencionado.

Angariada a verba, Carmen promete continuar a atualizar os seguidores com a utilização da mesma. “A vida desta família começa a mudar agora. E eu deixarei aqui registado cada pequeno passo. A escritura, as obras, o resultado final. Cada pequeno passo, cada compra, cada fatura serão do vosso conhecimento. No final não sobrará qualquer dinheiro, mas existirá uma família com uma hipótese de começar de novo com a dignidade que a morte da mãe lhes roubou”, explicou, voltando a agradecer a todos os que se solidarizaram com esta causa.

“Obrigada mil vezes não chega. Porra que o meu coração não aguenta”, reconheceu.

Já noutro post, Carmen esclareceu vários pontos, entre os quais porque é que a família vai permanecer naquela casa, em vez de se mudar para uma maior. “O que está construído será para vir abaixo e iremos construir uma casa toda nova logo que a Câmara o permita. Uma casa que será modesta em termos de área, é certo, mas pensada ao pormenor para as necessidades específicas desta família. E integrada no local onde têm maior probabilidade de ter apoio e ser felizes”, clarificou, recordando que esta família está “integrada no bairro onde vive, tendo lá uma muito importante rede de apoio, constituída por vizinhos”.

Já sobre o encerramento dos donativos, a blogger reitera que o objetivo foi “atingido” e que, por isso, não se sente “minimamente confortável” em ter uma conta, em que é a primeira titular, aberta com todo este dinheiro.

“Com este valor e o que temos de oferta já conseguimos garantir que estes quatro irmãos vão ficar seguros, confortáveis, com vigilância de saúde (física e mental) e educação asseguradas. Agora é conseguir andar com tudo para que a Tatiana possa voltar à sua vida de mulher trabalhadora e cuidadora da melhor forma possível”, justificou.

Recorde-se que Tatiana, de 22 anos, cuida dos três irmãos menores desde a morte da mãe, que não resistiu a um cancro. O pai tinha morrido vários anos antes. Uma das irmãs, a Bi, tem trissomia 21 e nasceu sem recto. Sofre de incontinência fecal.

A jovem, que ganha apenas 600 euros por mês, não consegue sustentar quatro pessoas e ainda pagar uma renda, por isso, vive numa verdadeira ‘barraca’ sem condições de habitabilidade, com os irmãos.

O dinheiro angariado servirá agora para dar a esta família um recomeço e um Natal mais sereno.

Leia Também: Abraço solidário de portugueses dá a Tatiana e irmãos finalmente uma casa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório