Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Albuquerque substitui secretária da Inclusão e dos Assuntos Sociais

O presidente do Governo da Madeira explicou hoje que aproveitou o novo mapa eleitoral para efetuar alguns "reajustamentos funcionais" no executivo, tendo substituído a secretária da Inclusão e dos Assuntos Sociais.

Albuquerque substitui secretária da Inclusão e dos Assuntos Sociais
Notícias ao Minuto

15:03 - 28/09/21 por Lusa

País Madeira

"Aproveitei a circunstância de termos um novo mapa eleitoral autárquico, com a saída de alguns titulares, para fazer um reajustamento funcional do governo e isso foi uma decisão minha e da minha exclusiva responsabilidade", declarou Miguel Albuquerque.

O social-democrata falava aos jornalistas à margem da abertura oficial do 3.º ano do Mestrado Integrado em Medicina na Universidade da Madeira, no Funchal.

O chefe do executivo madeirense referia-se à substituição da secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, por Rita Andrade, atualmente a presidir ao Instituto de Administração da Saúde (IASAUDE) e que já esteve no Governo Regional, também com as pastas da Inclusão e dos Assuntos sociais.

De acordo com a informação divulgada pela Presidência do Governo Regional, esta secretaria também passará a tutelar a área das Políticas Públicas Integradas e de Longevidade.

Miguel Albuquerque expressou o seu "público reconhecimento" a Augusta Aguiar, que "deixará o lugar, pela sua dedicação, empenho e disponibilidade ao serviço da causa pública, o que em muito contribuiu para o sucesso das políticas do executivo".

"Foi uma boa secretária, uma mulher muito empenhada, trabalhou muito bem, mas, neste momento, estamos num novo ciclo, temos de fazer reajustamentos", enfatizou, realçando que "em democracia, os lugares em política não são eternos e todos os titulares sabem que os cargos que exercem é temporário".

Miguel Albuquerque realçou que na base destas alterações está a necessidade de "estar sempre a melhorar", acrescentando que "os reajustamentos no governo devem ser feitos em função daquilo que o chefe do governo entende que é melhor".

"Tem a ver com o novo ciclo político, a nova conjuntura", enfatizou.

O governante apontou que em breve serão também anunciados os substitutos de Bruno Pereira, o presidente da Investimentos Habitacionais da Madeira (IHM), que foi eleito vereador da Câmara Municipal do Funchal nas eleições de domingo, na lista da coligação PSD/CDS-PP, e para o IASAUDE.

A IHM também vai passar para a alçada da Secretaria Regional de Equipamento e Infraestruturas.

Sobre o arranque da administração do 3.º ano do Mestrado Integrado de Medicina na Universidade da Madeira, Miguel Albuquerque mencionou que representa "um investimento na ordem dos 120 mil euros" e considerou-o "muito importante para a formação dos jovens médicos, para o futuro do Sistema Regional de Saúde".

"Este é um momento importante para a região, para a Universidade da Madeira e a população, ao fim de 17 anos ter o 3.º ano do curso de Medicina realizado aqui, o que vem facilitar a vida aos alunos região", sublinhou .

O chefe do executivo referiu que esta "é uma mais-valia importante para a universidade da região", apontando que o curso está "aberto a estudantes de fora" e que "é administrado com grande qualidade".

"A Universidade da Madeira é uma universidade universalista", porque os seus alunos "podem exercer em qualquer lado, mas a ideia é ter sempre um recrutamento e recrudescimento do Sistema Regional de Saúde", considerou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório