Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Mulher raptada, violada e roubada por cadastrado no Porto

Homem, de 32 anos, já foi detido pela PJ. Tinha saído da prisão em junho.

Mulher raptada, violada e roubada por cadastrado no Porto

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, este domingo, um homem de 32 anos, por suspeitas da prática dos crimes de rapto, violação e roubo, ocorridos na cidade do Porto.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, os inspetores explicam que os crimes aconteceram na madrugada de sábado.

O homem terá abordado uma mulher, na via pública, obrigando-a, através do uso de força física e ameaça, a dirigir-se para uma zona devoluta e erma, “onde a manteve contra a sua vontade e num ambiente de total pavor pelo período de duas horas".

Durante este tempo, o suspeito terá submetido a vítima a diversas práticas sexuais, violando-a de forma repetida. Posteriormente, e antes de permitir a fuga da mulher, apropriou-se do dinheiro que esta tinha em sua posse.

A vítima acabou por necessitar de assistência médica. 

Na mesma nota, a PJ conta que foram imediatamente desenvolvidas diligências, com a ajuda da PSP, para encontrar o autor dos crimes. O mesmo foi identificado, localizado e detido já fora de flagrante delito, este domingo.

O suspeito, revelam ainda os inspetores, já terá cumprido 12 anos de prisão por crimes contra a autodeterminação sexual e contra a propriedade, encontrando-se em liberdade desde junho do corrente ano.

O homem será agora presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Leia Também: Prisão peventiva para suspeito de violar agente imobiliária

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório