Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Presidente agradece a casal que doou 50 milhões a centro para cancro

Marcelo Rebelo de Sousa e o Rei Felipe VI de Espanha participaram, esta segunda-feira, na inauguração de uma unidade de investigação e tratamento do cancro do pâncreas, em Lisboa.

Presidente agradece a casal que doou 50 milhões a centro para cancro
Notícias ao Minuto

17:09 - 27/09/21 por Notícias ao Minuto 

País Cancro do Pâncreas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Rei Felipe VI de Espanha marcaram presença, assim como outros ministros portugueses, esta segunda-feira, na cerimónia de inauguração do Centro Botton-Champalimaud para a Investigação e o Tratamento do Cancro do Pâncreas, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

Numa declaração feita em espanhol e português, o chefe de Estado português começou por relembrar "os vínculos históricos que a democracia de ambas as pátrias irmãs só tem vindo a fortalecer", tal como aconteceu no surgimento desta nova unidade de saúde.

"A comum visão de futuro na União Europeia, num mundo que fala as línguas irmãs, nas grandes causas universais, dos direitos humanos às alterações climáticas, da luta contra a pobreza e as desigualdades, à saúde e à educação, das migrações às transições energética e digital. A convicção de que é o conhecimento, a ciência, a qualificação sem descriminações desumanas ou barreiras xenófobas que faz os povos e, portanto, as pessoas, todas elas, mais desenvolvidos e mais justos", considerou Marcelo Rebelo de Sousa.

De seguida, o Presidente da República lembrou a "missão impar" de António de Sommer Champalimaud, "o instruidor inicial sempre lembrado" da Fundação onde está instalada esta nova unidade e a sua "notável liderança" por Leonor Beleza".

Antes de terminar, Marcelo agradeceu a "generosíssima doação de Carlota e Mauricio Botton" que deram 50 milhões de euros para que este centro fosse construído.

"Que belo gesto o vosso, o de permitir lançar o novo centro de investigação e tratamento do cancro do pâncreas e a merecerem a grande cruz da Ordem do Mérito que decidi atribuir-vos. Que inesquecível momento", salientou o chefe de Estado português pedindo ao Rei de Espanha que o acompanhasse na imposição das insígnias.

Leia Também: Felipe VI elogia trabalho de Portugal com Centro do Cancro do Pâncreas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório