Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Ventura espera "fazer história" no domingo após quilómetros em campanha

O presidente do Chega, André Ventura, afirmou hoje que o partido vai "fazer história" nas eleições autárquicas de domingo, depois de vários quilómetros percorridos em campanha, em que passou por "terras cujo nome nem sabia que existia".

Ventura espera "fazer história" no domingo após quilómetros em campanha

A campanha do Chega terminou hoje em Lisboa, com um jantar/comício que juntou no Pátio da Galé cerca de 400 pessoas.

Uma hora antes das doze badaladas, André Ventura subiu ao palco ao som de aplausos para falar pela última vez aos seus apoiantes na campanha e, otimista, antecipou o sucesso eleitoral do Chega no domingo.

"Fizemos milhares de quilómetros, percorri todas as terras deste país, todos os distritos", começou por dizer o presidente do Chega, para justificar que foi o apoio que sentiu ao longo da campanha que lhe dá motivos para acreditar que o partido vai "fazer história no dia 26 de setembro".

Fazendo um balanço de 11 dias de campanha, André Ventura afirmou que ao longo desses dias teve a oportunidade de conhecer o português comum, de quem tinha prometido ser voz.

"E foi isso que procurei fazer e estive em terras cujo nome nem sabia que existia há uns meses", relatou, afirmando que aí conheceu pessoas que "deixaram de acreditar", mas que "iam votar no Chega".

"Vamos provocar uma enorme onda de transformação, em cada aldeia deste país", acrescentou, defendendo também que são os candidatos do partido quem poderá realmente "fazer diferente em Portugal" e que os eleitores perceberam isso.

Apesar do otimismo, André Ventura admitiu que os resultados de domingo poderão não corresponder às expectativas, mas, se for esse o caso, o Chega continuará o seu trabalho até o seu líder "ser primeiro-ministro deste país". 

Depois de agradecer a todos aqueles que o acompanharam e apoiaram em campanha, André Ventura dedicou o final do seu discurso aos objetivos do partido para a União Europeia, sublinhando o compromisso assinado hoje com o líder do partido espanhol Vox, Santiago Abascal, para uma "luta civilizacional, cultural e ideológica".

O período oficial de campanha autárquica terminou hoje e as eleições autárquicas acontecem no domingo, com mais de 9,3 milhões de eleitores inscritos para votar em 308 municípios, com mais de 20 partidos na corrida e candidaturas de grupos de cidadãos em mais de 60 concelhos.

Leia Também: Graciano (Chega) conta com "voto envergonhado" em Lisboa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório