Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Marcelo destaca "homenagem muito emotiva e muito justa" a Jorge Sampaio

Presidente da República falou aos jornalistas no âmbito da 16.ª reunião do Grupo de Arraiolos, que decorreu em Roma.

Marcelo destaca "homenagem muito emotiva e muito justa" a Jorge Sampaio
Notícias ao Minuto

18:06 - 15/09/21 por Anabela Sousa Dantas 

País Grupo de Arraiolos

"Foi muito importante a homenagem ao presidente Jorge Sampaio", disse o Presidente da República aos jornalistas, esta quarta-feira, reunião do Grupo de Arraiolos, que decorreu em Roma. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que a iniciativa partiu do presidente italiano, Sergio Mattarella, mas que, "depois teve a adesão de países muito diferentes".

Questionado sobre tinha ficado surpreendido, o chefe de Estado respondeu que não. "As pessoas tinha muito presente o que tinha sido Jorge Sampaio", disse, reforçando que foi ele "a alma de Arraiolos".

"Foi uma homenagem muito profunda, muito emotiva e muito justa", acrescentou.

Jorge Sampaio, antigo secretário-geral do PS e Presidente da República, morreu na sexta-feira, aos 81 anos.

Sublinhe-se que Marcelo Rebelo de Sousa reuniu esta quarta-feira com 14 homólogos da União Europeia que integram o Grupo de Arraiolos, naquela que foi a 16.ª edição da iniciativa fundada pelo antigo chefe de Estado Jorge Sampaio e que foi organizada pela presidência italiana.

Sobre os restantes temas levados a discussão, Marcelo Rebelo de Sousa destacou a "ideia de ultrapassar a pandemia", que "ainda é um problema nalguns países" e, também, a "ideia de recuperar economicamente mais depressa, que ainda não está a acontecer nalguns países".

O chefe de Estado disse, ainda, que no encontro, que juntou na capital italiana Presidentes da República não executivos de 15 estados-membros, existiram "aspetos em que é pacífica a colaboração", como o clima, a energia, o digital ou "nas grandes questões internacionais".

"Depois há temas de visões diferentes, como é o caso das migrações e como é o caso da importância de valores fundamentais que a Europa deve afirmar no mundo, como os direitos humanos, o direito internacional, o estado de direito", acrescentou.

Marcelo disse que, "para a maioria esmagadora, são valores fundamentais e que devem estar presentes", mas "há visões" que veem esses valores "como menos importantes do que outros na intervenção internacional".

Leia Também: PR destaca posição da UE para "construir pontes" contra terrorismo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório