Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

"Temos de estar contentes por podermos voltar à escola presencial"

O ministro da Educação esteve esta manhã de terça-feira no Agrupamento de Escolas do Cerco, no Porto, para assinalar o início do ano letivo.

"Temos de estar contentes por podermos voltar à escola presencial"

O ministro Tiago Brandão Rodrigues assinalou o arranque do ano letivo, esta terça-feira, dia 14 de setembro, no Agrupamento de Escolas do Cerco, no Porto. 

Aos jornalistas presentes no local, o governante começou por salientar que "temos de estar contentes por podermos voltar à escola presencial e podermos cumprir os projetos educativos das escolas, projetos educativos estes que têm um plano de recuperação das aprendizagens, tão importante para poder recuperar e consolidar as aprendizagens com mais recursos humanos, mais professores, mais assistentes operacionais, mais técnicos especializados, psicólogos, mediadores e assistentes sociais".

As escolas têm agora, sublinhou o ministro, "mais recursos e mais autonomia", o que faz com que aumente a confiança "nos profissionais das escolas, nas escolas" para construir "os seus projetos, lutar para recuperar as aprendizagens e contra o abandono escolar".

Relativamente à greve dos professores e pessoal não docente, que tem lugar durante esta semana, Brandão Rodrigues disse que "o Ministério da Educação não tem nada a comentar. Vivemos num país livre e, felizmente, o direito à greve está consagrado na nossa Constituição".

Ministro alerta para importância da testagem nas escolas

O governante avisou ainda que a testagem ao novo coronavírus do pessoal docente, não docente e alunos é muito importante para maximizar o ensino presencial no novo ano letivo.

"Temos 99% dos nossos professores com vacinação. Temos mais de 80% dos nossos jovens entre os 12 e os 17 anos com a vacinação já completa e muitos a terminarem já nos próximos dias. É muito importante que nós possamos adicionar à vacinação também estas testagens, por muito que seja redundante, (...), por muito que seja incómodo", argumentou.

Recorde-se que o prazo para o início do ano letivo nas escolas públicas começa hoje e termina na sexta-feira.

Leia Também: GNR dá conselhos de segurança (para pais e filhos) no regresso às aulas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório