Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Câmara do Funchal erradicou amianto das redes de água potável do concelho

A Câmara do Funchal concluiu o processo de substituição das redes de água em fibrocimento no concelho, erradicando o amianto destas estruturas no município, afirmou hoje o presidente da autarquia.

Câmara do Funchal erradicou amianto das redes de água potável do concelho
Notícias ao Minuto

15:41 - 03/09/21 por Lusa

País Amianto

"Hoje concluímos a última empreitada de substituição de redes ainda existentes em fibrocimento na distribuição de água potável no concelho do Funchal, numa intervenção que ascendeu a cerca de 570 mil euros e que vem erradicar definitivamente o amianto das nossas redes de água", afirmou Miguel Silva Gouveia.

O responsável do principal município da Madeira, governado pela coligação Confiança (PS, BE, MPT, PDR e Nós, Cidadãos!) falava após a visita que fez à última empreitada realizada no âmbito deste projeto, no Caminho da Lombada, na freguesia do Monte, anunciando que este troço intervencionado reabre hoje ao trânsito.

O autarca salientou que o projeto incluiu a substituição das redes por uma de ferro fundido, a colocação de válvulas reguladoras de pressão "para ter uma melhor gestão da pressão nestas zonas de maior declive", a instalação de 12 marcos de incêndio ao longo do percurso para dotar "as infraestruturas de combate a fogos urbanos na mancha florestal, que tem sido muito fustigada nos últimos anos".

Miguel Silva Gouveia salientou que esta obra foi realizada em duas fases, abrangendo diversas artérias daquela freguesia nos arredores do Funchal, representando um investimento global na ordem dos 2 milhões de euros, sendo um projeto apoiado por fundos comunitários.

Ainda destacou o trabalho realizado por outras entidades, apontando que a Empresa de Eletricidade da Madeira "aproveitou estes trabalhos para fazer valas, retirando todos os cabos aéreos e passando a colocá-los no subsolo, dando também outro brilho a esta belíssima paisagem".

"Finalizámos um projeto muito importante na salvaguarda da saúde dos nossos munícipes, eliminando das redes substâncias perigosas e nocivas para as pessoas, mas também melhorando a qualidade do serviço, com a redução das perdas de água", sublinhou.

O presidente da Câmara do Funchal enfatizou que "a modernização das redes de água potável do concelho são uma realidade e este executivo camarário continuará a trabalhar em soluções que melhorem o quotidiano de todos os funchalenses".

Leia Também: Aprovada remoção de amianto das bases do Montijo, Beja e Monte Real

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório