Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Piscinas de Alcains fecham após casos positivos em funcionários

A empresa municipal ALBIGEC, responsável pela gestão de equipamentos culturais, desportivos e de lazer de Castelo Branco, determinou hoje o encerramento das piscinas de Alcains devido ao surgimento de casos positivos de covid-19 entre funcionários.

Piscinas de Alcains fecham após casos positivos em funcionários

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Câmara de Castelo Branco refere que o Conselho de Administração da ALBIGEC, em articulação com a autoridade local de saúde, "decidiu proceder ao encerramento imediato destas instalações [complexo de piscinas de Alcains], como forma de prevenção e, assim, garantir a segurança de todos os seus utilizadores".

A decisão foi tomada "em virtude do surgimento de casos positivos de coronavírus SARS-COV-2 (covid-19) entre funcionários afetos à piscina municipal de Alcains".

Segundo a autarquia, a reabertura deste espaço de lazer, que devia estar em funcionamento até ao dia 12 de setembro, "ficará dependente da evolução da situação".

"Aos detentores de bilhetes de ingresso já adquiridos, será possibilitada a entrada em data posterior, após a reabertura do equipamento, ou, excecionalmente, o referido ingresso também será válido na Piscina Praia de Castelo Branco", lê-se na nota.

Os utentes que prefiram a restituição do valor do bilhete "poderão dirigir-se à Piscina Praia de Castelo Branco ou aguardar pela reabertura do Complexo de Piscinas Municipais de Alcains".

Os interessados podem ainda contactar a ALBIGEC através do 'e-mail' [email protected] ou pelo telefone 272 348 320.

A covid-19 provocou pelo menos 4.430.846 mortes em todo o mundo, entre mais de 211,7 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.645 pessoas e foram contabilizados 1.020.546 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Leia Também: AO MINUTO: Delta a 100% em todo o país; Carga viral é 300 vezes superior

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório