Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Temperaturas vão subir. Portimão avisa população sobre risco de incêndio

A Proteção Civil municipal de Portimão alerta para as condições favoráveis à propagação de incêndios rurais nos próximos dias, com as temperaturas máximas a atingirem os 34ºC.

Temperaturas vão subir. Portimão avisa população sobre risco de incêndio

O Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) de Portimão, no Algarve, emitiu, esta quarta-feira, um aviso à população alertando para o risco de propagação de incêndios resultante das condições meteorológicas que vão marcar os próximos dois dias. 

Para amanhã, é esperada uma humidade relativa do ar inferior a 30% durante a tarde, com fraca recuperação noturna. No dia seguinte, será igualmente inferior a 30% mas com boa recuperação noturna.

Espera-se uma subida da temperatura amanhã, 5 de agosto, com temperaturas máximas a rondar os 34°C e temperatura mínima elevada de 22ºC,até sexta-feira. O vento soprará de noroeste, atingindo os 45 km/h. 

O risco de incêndio rural em Portimão será máximo até pelo menos sexta-feira.

"Considerando a previsão meteorológica, esperam-se condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais", alerta o município algarvio, um dos concelhos atingidos pelo fogo que deflagrou a 17 de julho em Monchique. 

O Serviço Municipal de Portimão recorda, por isso, que nos concelhos com risco muito elevado ou máximo de incêndio não é permitida: a realização de queimadas, de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos; a utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confeção de alimentos; queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração; lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes; fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem e  a fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas. 

Especificamente, nos concelhos com risco máximo de incêndio não é permitido o uso de motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores. 

O SMPC termina o aviso à população recomendando  a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando as proibições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC e do IPMA, ou através da Linha 'Proteção 24' (808 282 112).

Leia Também: Incêndio em Loulé dado como dominado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório