Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Madeira já administrou mais de 305 mil vacinas

A Madeira já administrou 305.773 vacinas contra a covid-19 desde dezembro de 2020, informou hoje a Direção Regional de Saúde, indicando que 176.403 correspondem à primeira dose e 141.848 à segunda.

Madeira já administrou mais de 305 mil vacinas
Notícias ao Minuto

20:32 - 03/08/21 por Lusa

País Covid-19

"Isto significa que 56% da população residente tem já a vacinação completa e 69% vacinação iniciada", refere a autoridade de saúde em comunicado, esclarecendo que as pessoas inoculadas integram os grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra o SARS-CoV-2, de acordo com a alocação das vacinas à região.

A Direção Regional de Saúde indica que, no decurso desta semana, será dada continuidade ao processo em todo o território insular, com destaque para duas iniciativas 'open day' dedicada à vacinação dos jovens com idades entre os 12 e os 17 anos no Centro de Vacinação do Funchal, na quarta e na sexta-feira.

O Plano Regional de Vacinação estabeleceu três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguiram as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa apontava para 50 mil pessoas vacinadas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase, e, por fim, 100 mil pessoas.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional de Saúde, o arquipélago da Madeira, com cerca de 250 mil habitantes, regista 227 casos ativos de covid-19, num total de 10.333 confirmados desde o início da pandemia, com seis doentes internados e 75 óbitos associados à doença.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.234.618 mortos em todo o mundo, entre mais de 198,8 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.397 pessoas e foram registados 974.203 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Leia Também: AO MINUTO: Quase 6 milhões com duas doses cá. Casa Aberta para mais de 30

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório