Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Edição

Portalegre é a capital de distrito que perdeu mais habitantes

Portalegre, com uma queda de 10,3%, é a capital de distrito que mais perdeu população nos últimos dez anos, segundo dados preliminares dos Censos 2021 hoje divulgados, que revelam que só seis das 18 capitais distritais ganharam habitantes.

Portalegre é a capital de distrito que perdeu mais habitantes

É também Portalegre o município capital de distrito com menor número de habitantes: 22.369 (eram 24.930 em 2011).

A seguir a Portalegre, as maiores diminuições de população nas capitais de distrito foram em Beja (-6,8%), Castelo Branco (-6,8%), Guarda (-5,6%) e Évora (-5,4%), todas cidades da beira interior e do Alentejo, revelam os dados hoje divulgados pelo Instituo Nacional de Estatística (INE).

As outras capitais de distrito em que diminuiu a população residente desde 2011, ano dos censos anteriores, foram Santarém (-4,8%), Vila Real (-4,3%), Viana do Castelo (-3,2%), Bragança (-2,2%), Porto (-2,4%), Lisboa (-1,4%) e Coimbra (-1,8%).

Nos restantes concelhos que são capitais de distrito aumentou o número de residentes, com Braga a registar o maior crescimento (+6,5%).

Seguem-se Faro (+3,9%), Aveiro (+3,1%), Setúbal (+2,1%), Leiria (+1,4%) e Viseu (+0,4%).

No conjunto das 18 capitais de distrito, a perda de população foi de 0,9% (de 2.059.691 em 2011 para 2.042.006 este ano).

Já nas duas maiores cidades das Regiões Autónomas, tanto Funchal, na Madeira, como Ponta Delgada, nos Açores, perderam habitantes, com quedas de 5,3% e 2,2%, respetivamente.

Os Censos de 2021 registaram 105.919 habitantes no Funchal (eram 111.892 em 2011) e 67.287 em Ponta Delgada (68.809 em 2011), segundos os dados preliminares do inquérito à população feito este ano pelo INE.

Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os resultados preliminares dos Censos 2021.

Em termos censitários, a única década em que se verificou um decréscimo populacional foi entre 1960 e 1970, indicou o INE.

A fase de recolha dos Censos 2021 decorreu entre 05 de abril e 31 de maio e os dados referem-se à data do momento censitário, dia 19 de abril.

Leia Também: Portugal com decréscimo populacional de 2%. Só sucedeu entre 1960 e 1970

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório