Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Covid-19: Mais de metade dos portugueses já tem a vacinação completa

Relatório da vacinação semanal já foi divulgado.

Covid-19: Mais de metade dos portugueses já tem a vacinação completa

Mais de metade dos residentes em Portugal já está totalmente vacinada (52%) contra a Covid-19, o correspondente a 5.389.935 vacinados, de acordo com o relatório da vacinação divulgado pela Direção-Geral de Saúde esta terça-feira. 

De acordo com os dados relativos à vacinação até ao último domingo, dia 25 de julho, 67% da população  residente no país está imunizada com pelo menos uma dose da vacina, o correspondente a 6.865.047 inoculados.

Na semana anterior, recorde-se, 47% da população estava totalmente vacinada e 64% tinha pelo menos uma dose. 

Por faixas etárias, a população com 80 ou mais anos é aquela que tem maior taxa de cobertura vacinal, estando 96% inoculados com as duas doses (99% desta população já tem pelo menos uma dose).

Na faixa etária entre os 65 e os 79 anos, onde 99% também já tem pelo menos uma dose, 94%  está totalmente imunizada. 82% da população entre os 50 e os 64 anos já completou a vacinação.

Nos mais jovens, a população entre os 25 e os 49 anos, 40% já conta com as duas doses da vacina contra a Covid-19 (a 72% da população desta faixa já foi administrada pelo menos uma dose). Dos 18 aos 24, 9% conta com a vacinação completa. 

Por regiões, o Alentejo (com 556.583 vacinas dadas) e o Centro (com 1.973.685 vacinas administradas) registam uma taxa de cobertura vacinal superior à média nacional, com 58% e 56%, respetivamente, de população totalmente imunizada. 

Em Lisboa e Vale do Tejo foram administradas 4.094.646 vacinas (242.414 na última semana), estando 65% da população com pelo menos uma dose e 51% com  a vacinação completa.

No Norte, onde foram administradas mais 238. 345 vacinas na semana em análise, 68% tem pelo menos uma dose e 51% as duas. Em linha com os dados nacionais, no Algarve foram imunizadas 31.590 pessoas na última semana,  já foram administradas 482.457 vacinas. 

Nas regiões autónomas, os Açores contabilizam 267.940 inoculações (61% tem pelo menos a primeira dose e 53% com as duas). Na Madeira, 66% tem pelo menos a primeira dose e 50% da população residente completou o ciclo vacinal. 

Estes dados são conhecidos no dia em  que task force indicou que a vacinação contra a Covid-19 dos jovens com menos de 18 anos arranca no fim de semana de 14 e 15 de agosto, caso haja aval da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Paralelamente ao processo de vacinação, o Governo está a preparar os próximos passos no processo de abertura do país, procurando obter o máximo possível de informação científica sobre a evolução da Covid-19 antes de decidir, disse hoje o primeiro-ministro.

"Reunimos hoje no Infarmed, ouvindo especialistas, investigadores e técnicos, numa altura em que o processo de vacinação progride em todo o país com sucesso, e em que os portugueses continuam a ser exemplares no cumprimento das medidas de proteção para conter a pandemia", escreveu o primeiro-ministro.

Na alusão ao Conselho de Ministros desta quinta-feira, o líder do executivo acrescentou: "Preparamos os próximos passos procurando o máximo de informação possível para o processo de tomada de decisão".

No final da reunião do Infarmed, em declarações aos jornalistas, a ministra da Saúde, Marta Temido, foi questionada sobre a abordagem que o Conselho de Ministros deverá ter para o futuro próximo face à atual situação epidemiológica.

Marta Temido antecipou uma "uniformidade" de medidas, perante a prevalência da variante Delta do vírus SARS-CoV-2 "em mais de 95% do território nacional" e um "número muito significativo de concelhos em que a incidência é superior a 120 casos por 100 mil habitantes" a 14 dias.

"Tem sido fundamental conseguir mais vacinas para prepararmos agora este próximo Conselho de Ministros com uma situação de alguma esperança relativamente a uma situação que ainda vivemos de pandemia, mas na qual podemos perspetivar a forma como o regresso às nossas vidas se torna cada vez mais próximo", declarou.

Leia Também: AO MINUTO: Distintos ritmos de vacinação complicam controlo de fronteiras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório