Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Edição

Governo regional. Metade da população da Madeira com vacinação completa

Metade da população residente da Madeira, arquipélago que tem cerca de 260 mil habitantes, já tem a vacinação completa contra a covid-19, tendo 62% recebido a primeira inoculação, informou hoje o Governo Regional.

Governo regional. Metade da população da Madeira com vacinação completa
Notícias ao Minuto

16:52 - 27/07/21 por Lusa

País Covid-19

"Do número total de vacinas administradas (286.507), 158.306 correspondem a administração da primeira dose e 128.201 doses que correspondem à vacinação completa", refere o boletim da vacinação, com dados até 25 de julho, divulgado pelo gabinete do secretário regional da Saúde da Madeira.

No documento, pode ler-se que "isto significa que 50% da população residente tem já a vacinação completa e 62% uma dose da vacina".

O processo de vacinação na Madeira começou em 31 de dezembro de 2020 e as pessoas inoculadas "integram os grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra a covid-19 na região, de acordo com a alocação das vacinas ao arquipélago".

O executivo madeirense indica que, na última semana, foram administradas 18.804 vacinas, das quais 4.159 foram primeiras doses e 14.645 segundas doses.

O Governo da Madeira salienta que vai dar continuidade à vacinação em toda a região, destacando as três iniciativas 'Open Day' para a vacina da AstraZeneca, nos dias 27, 28 e 29 de julho, nos concelhos do Funchal, Câmara de Lobos e Santa Cruz.

Hoje, o secretário da Saúde da Madeira anunciou que a região vai começar a vacinar os jovens entre os 12 e 17 anos no próximo sábado, com as vacinas da Johnson e Pfizer, recomendadas pela Agência Europeia do Medicamento.

O objetivo é "vacinar mais rapidamente possível", "proteger todos os escalões etários" e ter a população estudante vacinada antes do início do próximo ano letivo.

A Direção Regional da Saúde (DRS) informou na segunda-feira que a Madeira registou 15 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, 234 situações ativas e sete doentes internado nas unidades polivalentes do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, que tem os cuidados intensivos sem doentes.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.169.966 mortos em todo o mundo, entre mais de 194,6 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.307 pessoas e foram registados 956.985 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Leia Também: AO MINUTO: Vacinação de jovens "está já clarificada"; 200 pessoas em UCI

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório