Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Oficial. Preventiva para dois portugueses acusados de violação em Espanha

Outros dois suspeitos ficam em liberdade. Podem regressar a Portugal desde que se mantenham à disposição da Justiça espanhola.

Oficial. Preventiva para dois portugueses acusados de violação em Espanha

Dois dos quatro portugueses - de Braga e com cerca de 20 anos - suspeitos de alegada violação em Gijón (Espanha), vão ficar em prisão preventiva sem direito a fiança, decretou o tribunal esta segunda-feira. Os outros dois suspeitos vão ficar em liberdade até ao julgamento, ficando impedidos de se aproximar ou de contactar com as mulheres. As informações foram reveladas pelo El Comercio

Deste modo, a justiça espanhola foi ao encontro do pedido feito pelo Ministério Público: duas medidas de coação de prisão preventiva e duas libertações. Os dois suspeitos em liberdade poderão regressar a Portugal, avança ainda a mesma publicação, desde que se mantenham à disposição da Justiça espanhola. Já os dois detidos serão encaminhados para o centro de detenção das Astúrias.

O advogado oficioso dos portugueses, German-Rámon, diz ter provas de que o sexo foi consentido e que não houve violência ou coação contra as jovens. 

De recordar que a polícia espanhola anunciou ter detido, no passado sábado, quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país.

Segundo o jornal El Mundo, que citou fontes ligadas à investigação, as duas mulheres, uma asturiana e outra basca, deslocaram-se de manhã à esquadra para apresentar queixa, tendo relatado que tinham encontrado um homem num bar e que foram com ele para a pensão onde estava hospedado para um encontro sexual.

Mas segundo o relato das duas mulheres, pelo caminho, apanharam um segundo homem e, ao chegarem à pensão, estavam lá outros dois. Os quatro obrigaram-nas a manter relações sexuais com todos eles, conta o El Mundo.

As jovens foram transferidas para o hospital de Gijón, em Cabueñes, para serem submetidas a exames médicos.

Leia Também: Ficam em liberdade dois dos portugueses suspeitos de violação em Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório