Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Portugueses suspeitos de violação em Espanha podem ficar em preventiva

Suspeitos são hoje identificados pelas jovens no tribunal de Gijón.

Portugueses suspeitos de violação em Espanha podem ficar em preventiva

Os quatro portugueses detidos no sábado por suspeita de abuso sexual, cometido contra duas jovens espanholas, de 22 e 23 anos, numa pensão de Gijón, em Espanha, estão por esta hora a ser identificados pelas jovens no tribunal.

São hoje também recolhidos os depoimentos das vítimas.

Os suspeitos permanecem detidos e devem ficar hoje a conhecer as medidas de coação.

De acordo com a SIC Notícias, a Fiscalía General del Estado (equivalente ao Ministério Público, em Portugal) deverá pedir prisão preventiva, a medida mais gravosa, justificando com o risco de fuga para Portugal.

As duas jovens espanholas, uma delas de Gijón e uma outra da cidade de Bergara, estão a ser acompanhadas pelo gabinete de crise.

Ambas denunciaram a agressão sexual na esquadra policial às 06h30 de sábado, explicando que tinham conhecido um homem num bar e que viajaram com ele para a pensão onde este estava hospedado, para um encontro sexual.

Segundo o relato das vítimas, no caminho para a pensão juntou-se um outro homem e, ao chegarem à sala, encontraram dois outros portugueses que as obrigaram a manter relações sexuais com todos eles.

Posteriormente, as jovens foram transferidas para o hospital de Gijón para serem submetidas a um exame médico.

Várias organizações convocaram esta tarde uma manifestação de protesto e indignação, em frente à Câmara Municipal de Gijón.

Leia Também: Quatro portugueses suspeitos de violação são inquiridos segunda-feira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório