Meteorologia

  • 24 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

"Papel da escola não é empregar professores"

O presidente do Conselho Nacional de Educação, David Justino, sublinhou, numa entrevista concedida ao Diário Económico que o “papel da escola não é empregar professores”, mas sim “formar alunos”. O antigo ministro da Educação criticou ainda a implementação da prova de acesso à profissão e sublinhou a importância de uma “descentralização” das competências relativas à colocação de professores.

"Papel da escola não é empregar professores"

Em entrevista ao Diário Económico, o presidente do Conselho Nacional de Educação foi perentório em afirmar que “o papel da escola não é empregar professores. O papel da escola é formar alunos”.

Para David Justino a prova de acesso à profissão, que é obrigatória para todos os professores contratados com menos de cinco anos de serviço, “não permite melhorar a qualidade dos docentes”.

E neste âmbito, o antigo ministro da Educação refere que “se a escola pública quer ser de referência, tem de escolher os melhores” até porque, sublinha, “há mais candidatos a professores do que lugares disponíveis”.

Para melhorar a escola pública a escolha de professores deveria ser autónoma do Ministério da Educação, ficando assim a cargo das próprias escolas ou até das autarquias.

“Sou defensor que há uma margem significativa de competências que podem ser, até com maior eficácia, assumidas pela administração descentralizada do Estado”, explicou David Justino que assumiu que esta medida teria de ser aplicada de “forma gradual” até porque “mais liberdade implica mais responsabilidade”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório