Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Câmara de Lisboa vai fazer inventário de locais onde habitam morcegos

A Câmara Municipal de Lisboa vai fazer um inventário dos locais onde nidifiquem e habitem as diferentes espécies de morcegos que vivem no concelho, de acordo com uma proposta hoje aprovada em reunião privada da autarquia.

Câmara de Lisboa vai fazer inventário de locais onde habitam morcegos
Notícias ao Minuto

14:47 - 23/07/21 por Lusa

País CML

O documento, apresentando pelo PCP, teve a abstenção do CDS-PP e os votos favoráveis do PS, BE, PSD e do proponente, indicou à agência Lusa fonte oficial do município.

Esta é uma proposta que visa proteger as colónias de morcegos, que têm "um papel fundamental no equilíbrio do ecossistema", destacou a vereadora do PCP Ana Jara em fevereiro do ano passado, numa apresentação do documento à imprensa.

Os comunistas pretendem que seja feito um "levantamento e inventário dos locais onde nidifiquem e habitem as diferentes espécies de morcegos que vivem no concelho de Lisboa"

Além disso, apontando que "não existem quaisquer normas de proteção destas espécies relativa à realização de obras de demolição, construção ou remodelação de edifícios em Lisboa", a proposta visa a criação de regras "a observar pelos promotores imobiliários nos seus projetos, a fim de impedir a destruição de colónias de morcegos".

De acordo com o documento, "Portugal tem 27 espécies de morcegos, representando 40% dos mamíferos" do país, "estando nove dessas espécies ameaçadas".

No Castelo de S. Jorge, no centro de Lisboa, "habitam várias espécies de morcegos, como o morcego-rabudo, o morcego-anão, o morcego-de-Água ou o morcego-hortelão", é referido.

A proposta acrescenta ainda que, "embora não existam levantamentos sobre o assunto, é de crer que outros locais em Lisboa, possuindo condições favoráveis, constituam habitats destas espécies, nomeadamente a Tapada das Necessidades, o Parque das Conchas e dos Lilases, e outros edifícios públicos e privados".

"Algumas espécies e morcegos comem metade do seu próprio peso em insetos numa só noite, conferindo-lhe um papel fundamental no equilíbrio dos ecossistemas, como controladores de pragas", sustenta o texto.

Leia Também: Morcegos revelaram-se eficazes contra espécies de pragas no Vale do Tua

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório