Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

IGAI reitera que pedido de informação “não foi satisfeito” pelo Sporting

Depois de o Sporting Clube de Portugal ter classificado como extremamente graves as declarações de Cabrita - sobre a ausência de cooperação no inquérito aos festejos do título -, o ministro questionou a IGAI. A resposta manteve-se: “Confirma na íntegra o teor do relatório”.

IGAI reitera que pedido de informação “não foi satisfeito” pelo Sporting

O Ministério da Administração Interna (MAI) emitiu, esta terça-feira, um novo comunicado em relação à polémica sobre o inquérito à intervenção da PSP nos festejos do título do Sporting, em que o clube foi acusado de não colaborar na investigação. Depois da reação do SCP, Eduardo Cabrita questionou a IGAI e a resposta manteve-se. 

Passemos a explicar. No passado dia 16, o ministro da Administração Interna apresentou os resultados do referido inquérito e vincou que o Sporting Clube de Portugal (SCP) "não respondeu a qualquer pedido de esclarecimento feito pela Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI)". 

Ora, o clube não gostou do que ouviu e, em comunicado, lamentou "o profundo desconhecimento que o ministro revelou dos factos sucedidos". 

"O Sporting Clube de Portugal considera que as declarações assumidas pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, relativamente às comemorações do 23.º título de Campeão Nacional de Futebol, no passado mês de Maio, são de extrema gravidade (...)", frisou o SCP. 

Perante as declarações do clube, revela o comunicado enviado às redações esta terça-feira que o ministro com a pasta da Administração Interna questionou a IGAI "relativamente ao referido nas páginas 11 e 15" do relatório. 

Na página 11 do relatório, refere o MAI, "é referido que 'nenhuma das informações solicitadas ao SCP foram remetidas aos autos do inquérito, até ao seu encerramento', enquanto na página 15 é escrito que 'não foi satisfeito' o pedido de remessa de documentação relativa à ação interposta pelo SCP contra as associações Juventude Leonina e Diretivo ultra XXI". 

Em resposta a este pedido de Cabrita, a IGAI “confirma na íntegra o teor do relatório”. Isto é, reitera que o Sporting não respondeu a qualquer pedido de esclarecimento. 

Sobre este caso, soube-se hoje também que os requerimentos apresentados por PSD e CDS-PP que solicitavam a audição no Parlamento, com caráter de urgência, do ministro da Administração Interna foram rejeitados.

Leia Também: Sporting campeão: Parlamento rejeita audição de Eduardo Cabrita

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório