Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Militares investigados após desacatos e atropelamento em café de Évora

Três pessoas ficaram feridas na sequência de desacatos junto à esplanada de um café na sexta-feira à noite, em Reguengos de Monsaraz. De acordo com a GNR, será feito o "apuramento de eventual responsabilidade disciplinar relativamente à atuação dos militares da GNR". Rui Rio acusou GNR de atitude de "total condescendência".

Militares investigados após desacatos e atropelamento em café de Évora

Uma série de desacatos junto à esplanada de um café de Reguengos de Monsaraz, em Évora, originaram um atropelamento, do qual resultaram três feridos ligeiros, sendo que um deles, de 23 anos de idade, necessitou de tratamento hospitalar.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) explica, através de comunicado enviado às redações, que os militares foram acionados ao estabelecimento em causa porque "um grupo de indivíduos tentava entrar e foi-lhes vedado o acesso porque não se faziam acompanhar do respetivo certificado digital COVID".

Uma vez no local, a patrulha destacada "tentou cessar o desentendimento", mas foi obrigada a chamar reforços, por causa do elevado número de pessoas.

Nesta altura, ocorreu o atropelamento, que ficou gravado em vídeo.

"Logo imediatamente após a ocorrência e já com os reforços, foram apreendidas as duas viaturas e o suspeito identificado. Tendo em conta a natureza do  crime, foi chamada a Polícia Judiciária, que efetuou perícias às viaturas e dará continuidade à investigação", esclarece a GNR.

Na mesma nota, a força de autoridade acrescenta que "será instaurado processo de averiguações para apuramento de eventual responsabilidade disciplinar relativamente à atuação dos militares da GNR".

Este sábado, Rui Rio, líder do PSD, recorreu às redes sociais para reagir ao incidente, questionando a Administração Interna e a própria GNR, que acusou de uma atitude de "total condescendência". "Que justificação têm o Ministro da Administração Interna e o Primeiro-ministro - que diz que ele é um excelente governante - sobre esta cena de violência, perante a total condescendência da GNR? Facilitismo e impunidade são via para o caos, não são caminho para o desenvolvimento", escreveu.

[Notícia atualizada às 13h01 com reação de Rui Rio]

Leia Também: Mulher resgatada pela GNR após queda em cascata do Gerês

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório