Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 20º MÁX 36º

Incidência 'disparou', superou limite e obrigou a 'nova' matriz

Os dados mais recentes da DGS revelam que a incidência nacional aumentou para 247,3 casos por 100 mil habitantes e no continente para 254,8 casos por 100 mil habitantes. Estes números obrigaram a prolongar o eixo da incidência na matriz de risco.

Incidência 'disparou', superou limite e obrigou a 'nova' matriz

Com o número de casos a aumentar, o eixo da incidência na matriz de risco teve de ser prolongado. Até agora, a 'bússola' só previa uma incidência até 240 casos por 100 mil habitantes, mas a 'nova' matriz já prevê que esta possa chegar aos 480 casos por 100 mil habitantes

Os dados mais recentes da Direção-Geral da Saúde (DGS) revelam que a incidência nacional aumentou para 247,3 casos por 100 mil habitantes e no continente para 254,8 casos por 100 mil habitantes, ultrapassando o limite anteriormente definido. 

Na segunda-feira, a incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental estava nos 231 casos por 100 mil habitantes, enquanto o valor para a totalidade do território se situava nos 224,6.

Eis a matriz de risco hoje divulgada pela DGS: 

Notícias ao Minuto Matriz de risco desta quarta-feira, dia 7 de julho© DGS

De acordo com o boletim conjunto da DGS e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o índice de transmissibilidade (Rt) subiu de 1,19 para 1,20 em todo o território nacional e manteve-se nos 1,20 em Portugal continental.

Os dados do índice de transmissibilidade e da incidência a 14 dias são atualizados à segunda, quarta e sexta-feira. Estes indicadores - o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 - são os dois critérios definidos pelo Governo para avaliar o processo de desconfinamento iniciado a 15 de março.

Nos concelhos de baixa densidade populacional, que representam mais de metade do território continental, a linha vermelha que obriga os municípios a recuar no plano de desconfinamento está fixada nos 480 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e os restantes concelhos ficam sob alerta quando ultrapassarem os 240 casos por 100 mil habitantes no mesmo período.

O boletim mais recente da DGS, divulgado há momentos, revela que Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 3.285 novos contágios e oito mortes relacionadas com a Covid-19. Desde o dia 11 de fevereiro que não se registavam tantos infetados num dia.

Contudo, houve uma ligeira descida do número de internados. Estão internados 603 doentes (menos 10 do que ontem), sendo que em Unidades de Cuidados Intensivos há hoje menos três pacientes (total é de 130). 

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.126 pessoas e foram registados 896.026 casos de infeção, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

[Notícia atualizada às 14h35]

Leia Também: Covid-19: Portugal soma mais 3.285 infetados e oito mortes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório