Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 24º

Acusado da morte de Bruno Candé condenado a mais de 22 anos de prisão

Tribunal deu como provado que o homicídio foi motivado por ódio racial. Condenado terá ainda de pagar uma indeminização à família da vítima de 120 mil euros.

Acusado da morte de Bruno Candé condenado a mais de 22 anos de prisão
Notícias ao Minuto

11:53 - 28/06/21 por Notícias ao Minuto

País Bruno Candé

O homem, de 76 anos, acusado de ter matado o ator Bruno Candé, em julho do ano passado em Moscavide, foi, esta segunda-feira, condenado a 22 anos de prisão por homicídio qualificado e mais dois por arma ilegal.

O condenado ficou com uma pena única de 22 anos e nove meses de prisão efetiva. 

O Tribunal de Loures foi assim de encontro ao pedido do Ministério Público (MP), que, nas alegações finais, afirmou que o arguido deveria ser condenado a uma pena não inferior a 22 anos de prisão efetiva.

"Mostrou frieza de ânimo e reflexão sobre os factos", considerou a juíza presidente do coletivo na leitura da sentença, citada pela SIC Notícias. O tribunal determinou também que o condenado terá de pagar uma indemnização de 120 mil euros à família de Bruno Candé. 

A juíza revelou ainda que foi dado como provado que o crime foi motivado por ódio racial. 

Segundo o despacho do MP, a que a agência Lusa teve acesso, o arguido afirmou durante uma discussão com a vítima, em 22 de julho de 2020, entre outros impropérios: "Vai para a tua terra, preto! Tens toda a família na senzala e devias também lá estar!".

Durante a discussão, na via pública, o arguido levantou a bengala em direção ao ator Bruno Candé, ameaçando-o de morte e fazendo referência à cor do cidadão, segundo o MP.

De seguida, refere o MP, Bruno Candé entrou num veículo, tendo o arguido ainda gritado "tenho lá armas em casa do Ultramar e vou-te matar". Nos dias seguintes, o arguido passou diversas vezes na mesma rua com uma pistola calibre 7,65 milímetros, esperando voltar a encontrar a vítima, que habitualmente passeava a cadela no local.

Leia Também: Homem acusado de matar ator Bruno Candé conhece hoje o acórdão em Loures

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório